Zilá defende reforma política e maior rigor no combate a corrupção

NULL
Lucas de Campos 13 fevereiro, 2015 Fonte:

Segundo a líder do PSDB na Assembleia Legislativa, deputada Zilá Breitenbach, a corrupção no Brasil não pode ser atribuída apenas ao sistema de financiamento das campanhas eleitorais. A parlamentar usou a tribuna,  durante sessão plenária, para contrapor o argumento dos deputados do PT que atribuem os desvios de recursos públicos ao financiamento privado das candidaturas. Zilá considerou simplista o argumento dos petistas e denunciou a tentativa de minimizar ou tirar o foco do roubo escancarado na maior empresa brasileira, a Petrobras.Zilá apontou a importância do aprofundamento do debate entorno das questões relativas à reforma política, incluindo o tipo de financiamento das campanhas eleitorais. Entretanto, a deputada enfatizou que as discussões sobre o novo modelo de captação de recursos não pode ser condicionada apenas a corrupção.Para Zilá, a mudança do sistema de financiamento não vai acabar com os corruptos e corruptores. “Não vamos nos enganar achando que somente mudando a forma de financiamento das campanhas estaremos combatendo a corrupção. Devemos coibir irregularidades qualificando os órgãos de controle, incentivando as investigações e, principalmente, punindo os responsáveis pelos desvios”, observou.

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.