Vigilância Ambiental em alerta com o Aedes aegypti

Sepé Tiaraju 5 janeiro, 2019 Fonte: A Tribuna

As altas temperaturas e as chuvas neste verão deixaram em alerta os agentes da Vigilância Ambiental do município. Tudo porque o clima é favorável para a proliferação do mosquitos Aedes aegypti. Além disso, nas recentes verificações na cidade a equipe da vigilância, constatou-se que as pessoas estão se descuidando com a limpeza dos pátios, criando ambiente de acúmulo de água propício para o desenvolvimento da larva do mosquito Aedes aegypti, vetor não apenas da dengue, mas também da febra chikungunya e o zika vírus.

A coordenadora da Vigilância Ambiental, Selenir Arruda, explica que a situação é preocupante diante do descuido das pessoas. “Na última quarta-feira intensificamos o trabalho de fiscalização focando em pontos estratégicos como borracharias onde há depósitos de pneus inservíveis em que é comum achar larvas em água parada. Também atuamos no combate ao mosquito nos cemitérios e também no aeroporto. Nesta ação encontramos muitos pneus com larvas do mosquito. Conversamos com as pessoas sobre o assunto e percebemos que há um certo relaxamento. É difícil enfrentar esse desafio sem a participação efetiva de todos.”

Outro problema verificado pelos agentes são piscinas sem tratamento adequsdo servindo como criadouros de larvas do mosquito. “Muitas pessoas viajam e deixam muita água em potes para animais, assim como deixam as piscinas sem proteção, expostas ao tempo. Mesmo que possam ter colocado cloro, com esse forte calor, em apenas quatro dias começa a aparecer larvas de mosquito nas águas. Além disso, tem pessoas com o hábito de acumular água em barris para lavar calçadas, molhar plantas, mas esquecem de cobrir. Essa situação é complicada. Precisamos estar atendo a essa questão. Neste ano já tivemos um caso confirmado de dengue importado em Santo Ângelo”

IMÓVEIS

Selenir ressalta que janeiro, fevereiro e março são os meses com maior incidência do mosquito e que é justamente neste período as pessoas se descuidam mais. “Hoje não temos amparo legal para determinadas ações, quando o proprietários de terrenos não facilitam nosso trabalho. Quando não há pessoas no imóvel deixamos um aviso com telefone de contato. Assim que nos retornam vamos até o local para verificar possíveis focos. No entanto tem situações que não é permitido nossa entrada no imóvel. Então repassamos o caso para o Ministério Público que nos dá amparo legal para atuar nessa situação.”

PNEUS

No caso dos depósitos de pneus inservíveis a Vigilância Ambiental orienta que além de se evitar o acúmulo de água é preciso dar a destinação correta deste material. “Não temos hoje uma área para depositar pneus inservíveis. A saída é os proprietários de borracharias se cadastrarem na ANIP que dá a destinação correta do material.”

PORTARIA

A coordenadora da Vigilância Ambiental lembra que desde 2018 tem uma nova portaria que determina que empresa com pátio tem a obrigação inspecionar a presença ou não de água parada em vasilhames. “Essa é uma portaria importante que contribui no combate ao mosquito Aedes aegypti.”

VIGILÂNCIA AMBIENTAL

Em caso de acúmulo de água parada em tubulações pluviais a responsabilidade do esgotamento é do município. No caso dos terrenos baldios a responsabilidade é dos proprietários. Nestes casos as pessoas devem acionar a Vigilância Ambiental pelo telefone 3313 1160.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 19 fevereiro, 2019

    Polícia Civil captura foragido na barranca do rio Uruguai em Porto Xavier

    Na manhã desta terça-feira (19), agentes policiais da DP de Porto Xavier, SIPAC da 27ª ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 19 fevereiro, 2019

    Três detentos fogem pelo teto de presídio em Cruz Alta

    Três detentos fugiram do Presídio Estadual de Cruz Alta por volta das 3h desta terça-feira ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 18 fevereiro, 2019

    Governo exonera ministro Gustavo Bebianno

    Gustavo Bebianno foi exonerado do cargo de ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República. O ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.