Vereadores falam sobre gastos com diárias

NULL
Lucas de Campos 30 setembro, 2015 Fonte:

Os gastos do dinheiro público em diárias, mostrados pelo Ministério Público de Contas, apontam Santo Ângelo como a segunda cidade que mais gastou com diárias no Estado. Foram mais de R$ 300mil em 2014. Se os gastos dos vereadores com diárias no ano passado assustam, neste ano não é diferente. 2015 nem terminou e já tem edil que gastou R$ 39.000,00 somente em diárias neste ano, de acordo com documento de prestação de contas da Câmara de Vereadores de 2015.

É o caso do vereador Nader Hassan. A Rádio Sepé tentou contato com Nader, mas não teve retorno. No ano passado, de acordo com o documento de prestação de contas da Câmara de Vereadores de 2014, o edil que mais utilizou as diárias foi Vinícius Mackvitz com R$ 20.560,09 de gastos.

O ano ainda nem chegou ao fim e o total de diárias gastas já chegou em R$ 355.285,00, ou seja, os valores gastos em 2015 já ultrapassam o de 2014 que fechou em R$ 308.268,00. Tentamos conversar com Vinícius, mas também não obtivemos retorno, por isso a Rádio Sepé disponibilizou um espaço onde os vereadores que estivessem dispostos, pudessem se expressar. Confira na íntegra o que disseram os vereadores Diomar Formenton – Presidente da Câmara de Vereadores no 1º semestre de 2014 e o atual presidente, Pedro Silveste Perkoski Waszkiewicz, conhecido como Pedrão.

 

Diomar Formenton: “Não temos histórico de apontamentos pelo Ministério Público de Contas, é a primeira vez que isso acontece. Quanto às viagens que fiz foi porque sempre precisava estar presente nas reuniões e eventos para buscar verbas para o Município. Tivemos a luta pela reforma do aeroporto, o curso de medicina. Então ano passado sempre precisei estar presente para representar a população. Protocolei um projeto de lei no dia 11 de fevereiro de 2014 que cortava 20% das diárias dos vereadores, mas infelizmente a legislatura foi reprovada".

Pedrão:“Até agora não recebemos apontamento do Ministério Público de Contas. Não aprovamos o corte de 20% das diárias dos vereadores, mas congelamos elas, nossas diárias podem ficar congeladas até 2030. Ano passado foi um ano com muitas programações, tivemos as obras do aeroporto, acompanhamos o prefeito em diversas reuniões, tivemos muitas audiências das secretarias, fomos em busca de aporte para a realização da Fenamilho. Além disso o número de vereadores aumentou, precisamos levar isso em conta, de 10 agora somos 15, isso conseqüentemente aumenta os gastos porque precisamos dar cursos para estes assessores novos. Acredito que não poderíamos ter evitado estes gastos. Precisamos levar em conta o número de funcionários das outras câmaras de vereadores também, aqui temos em média 55 funcionários, não sabemos o número de funcionários das outras câmaras para analisar estes gastos da forma correta".

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.