Vacinação contra HPV deve atingir 1.727 meninas em Santo Ângelo

NULL
Lucas de Campos 19 março, 2015 Fonte:

O coordenador da Vigilância de Saúde, Ubiratan Alencastro, e a coordenadora de Vigilância Epidemiológica e Vacinas, Juliane da Rosa, foram entrevistados na programação jornalística da rádio Sepé sobre o papiloma vírus humano (HPV) que causa o câncer de colo de útero.

Eles destacaram a importâncias dos pais se conscientizarem sobre esse problema e levarem suas filhas para receber a dose da vacina. No sábado, dia 21 de março, haverá vacinação das 8 às 17 horas, na própria secretaria de saúde. Também no dia 11 de abril no mesmo horário serão feitas vacinas em meninas de 9 a 11 anos.

De acordo com Juliane da Rosa, é imprescindível que os pais ou responsáveis levem as meninas nessa faixa etária para receber a primeira dose da vacina, já que a vacina HPV foi introduzida pelo Ministério da Saúde no Calendário Nacional de Vacinação com o objetivo de reforçar as ações de prevenção do câncer do colo do útero.

“A vacinação, conjuntamente com as atuais ações para o rastreamento do câncer do colo de útero, possibilitará prevenir essa doença nas próximas décadas. Atualmente, o câncer de colo de útero representa a quarta principal causa de morte por neoplasias entre mulheres no Brasil”, destacou Juliane, alertando aos pais ou responsáveis que não se esqueçam de levar a caderneta de vacinação das meninas.

Em Santo Ângelo, o público-alvo da imunização para 2015 é de 1.727 meninas. A meta do Programa Nacional de Imunizações é atingir 80 % do público-alvo, ou seja, 1.381 meninas precisam receber a vacina.

 

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.