Trump anuncia que vai encerrar acordo com a Rússia sobre armas nucleares

Sepé Tiaraju 21 outubro, 2018 Fonte: Agência Brasil

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou neste sábado (20) que seu Governo vai encerrar o tratado de armas nucleares de médio e curto alcance (INF, na sigla em inglês), que o país assinou em 1987 com a Rússia, ao acusar Moscou de tê-lo violado.

Após finalizar um comício de campanha em Nevada, para as eleições as legislativas de novembro, Trump confirmou a notícia ao ser perguntado pelos jornalistas.

“A Rússia violou o acordo. Esteve violando-o durante muitos anos e não sei por que o (ex-) presidente (Barack) Obama não negociou nem se retirou dele”, declarou Trump.

A imprensa americana tinha antecipado que o assessor de segurança nacional de Trump, John Bolton, pressionou o presidente para sair do acordo, argumentando que a Rússia o violou ao desenvolver um novo míssil.

Justamente hoje, Bolton partiu para Moscou, onde se espera reunir com altos funcionários do Governo de Vladimir Putin.

“Não vamos deixar que eles violem um acordo nuclear e façam armas e não nos permita fazê-las. Nós temos nos mantido no acordo e respeitamos o acordo, mas infelizmente, a Rússia não o respeitou, por isso que vamos rescindi-lo, vamos retirá-lo”, disse Bolton.

Tal medida seria uma ruptura brusca com a política de controle de armas nucleares dos EUA, enquanto alguns veículos de imprensa também informaram sobre as intenções de Bolton de bloquear a ampliação de outro tratado com a Rússia, o New Start, assinado em 2010 e que expirará em 2021.

Ao ser consultado para esclarecer suas intenções, o presidente americano disse que os EUA “terão que desenvolver essas armas”.

“A menos que a Rússia venha até nós e a China venha até nós e todos venham e nos digam: ‘Sejamos inteligentes e não desenvolvamos essas armas'”, continuou Trump.

No dia 8 de dezembro de 1987, o então presidente soviético, Mikhail Gorbachov, e o americano, Ronald Reagan, assinaram em Washington o tratado de eliminação de mísseis nucleares de médio e curto alcance.

Foi o primeiro acordo para reduzir os arsenais nucleares, que levou à eliminação em 1991 de todos os mísseis balísticos e de cruzeiro de médio e curto alcance de ambas as potências, um passo essencial para pôr fim às tensões da Guerra Fria.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 26 março, 2019

    Vitrine Tecnológica abre a Semana Acadêmica de Agronomia na URI

    A abertura da IV Semana Acadêmica de Agronomia acontece no sábado, 30 de março, com ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 26 março, 2019

    Santo Ângelo estreia sábado na Terceirona contra o Santa Cruz

    O Santo Ângelo vai estrear na Terceirona 2019 no próximo sábado, 30, enfrentando o Santa ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 26 março, 2019

    Juíza concede liberdade condicional a Evandro Wirganovicz, condenado no caso Bernardo

    Condenado a nove anos e seis meses de prisão pela morte e ocultação de cadáver ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.