Soja: Mercado recua mais de 1% nesta segunda-feira em Chicago

Agência Brasil
Sepé Tiaraju 11 junho, 2018 Fonte: Notícias Agrícolas

O pregão desta segunda-feira (11) foi negativo aos preços da soja negociados na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais posições da commodity recuaram pelo sexto dia seguido e finalizaram a sessão com quedas de mais de 15 pontos, uma desvalorização de mais de 1%. O julho/18 operava a US$ 9,53 por bushel e o agosto/18 era cotado a US$ 9,59 por bushel. O novembro/18 encerrou o dia a US$ 9,73 por bushel.

“Os contratos futuros da soja recuaram nesta segunda-feira e tocaram os patamares mais baixos dos últimos meses, já que as chuvas generalizadas no Meio-Oeste dos EUA reforçaram as perspectivas de uma boa safra nesta temporada”, reportou a Reuters internacional.

As previsões climáticas indicam chuvas ao longo dessa semana em partes de Iowa e Nebraska. “E as chuvas contínuas fazem com que os investidores acreditem que o relatório de acompanhamento de safras do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) desta tarde mostrará boas e excelentes condições”, informou o Agriculture.com.

“O relatório do USDA deverá mostrar índices de milho e soja com queda do percentual de lavouras em boas ou excelentes condições entre 1% e 2% nesta semana, mas ainda muito altos para a época do ano”, afirmou a Al Kluis, Kluis Advisors em nota aos clientes.

Na semana anterior, cerca de 75% das lavouras americanas de soja apresentavam boas ou excelentes condições, conforme último relatório do departamento americano.

As agências internacionais também destacaram que as tensões comerciais elevadas entre os EUA e os principais parceiros comerciais, como a China, México e Canadá, também pressionaram negativamente as cotações dos grãos. “Isso em meio a preocupações com a demanda mais lenta das exportações”, completa a Reuters internacional.

Ainda nesta segunda-feira, o USDA indicou os embarques semanais de soja em 644,3 mil toneladas na semana encerrada no dia 7 de junho. O volume ficou acima do registrado na semana anterior, de 573,2 mil toneladas. As estimativas do mercado giravam entre 400 mil a 700 mil toneladas.

No acumulado da temporada, os embarques norte-americanos de soja totalizam 47.457,003 milhões de toneladas. Em igual período do ano passado, o volume estava em 51.636,844 milhões de toneladas.

Além disso, os participantes do mercado já se preparam para o próximo boletim de oferta e demanda do USDA, que será reportado nesta terça-feira (12). Os investidores seguem atentos aos estoques da safra velha e as projeções para a nova safra americana.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 10 dezembro, 2018

    Dia de Campo enfatiza Gestão da Propriedade em São Miguel das Missões

    Com o propósito de compartilhar experiências e conhecimentos técnicos construídos com vistas à sustentabilidade nas ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 9 dezembro, 2018

    Semeadura de soja e milho acelera enquanto a colheita do trigo chega ao fim

    Enquanto o trigo tem a colheita finalizada no Rio Grande do Sul, apresentando produtividade média ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 5 dezembro, 2018

    China sinaliza possibilidade da volta de compras de soja nos EUA

    As especulações sobre os próximos movimentos de China e Estados Unidos após a trégua anunciada ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.