Servidores em greve: saiba quais os serviços afetados

NULL
Lucas de Campos 31 agosto, 2015 Fonte:

Após o pagamento de somente R$ 600 referentes ao vencimento de agosto dos servidores públicos, a segunda-feira, 31, deve começar com greve nos serviços públicos. As categorias prometem paralisações até quinta-feira,4. Em Santo Ângelo, escolas estão fechadas e delegacias trabalham com restrições a partir de hoje. O governo fará uma coletiva nesta segunda para esclarecer como irá pagar o restante dos salários. A orientação, a partir de hoje, é reunião dos policiais em frente às DPPAs e atendimento somente de crimes contra a vida. 

Confira os serviços que serão afetados:

Escolas: O Cpers orienta os professores a não abrirem as escolas estaduais de hoje até quinta-feira. 

Bancários: O Sindicato dos Bancários ingressa hoje com medida cautelar na Justiça para fechar as agências bancárias, dependendo das decisões tomadas pelos sindicatos representantes dos funcionários da Brigada Militar. Se a medida for acatada pela Justiça, os bancos não devem abrir na terça-feira ou enquanto durar o aquartelamento.

Transporte: Os ônibus funcionam normalmente em Porto Alegre. No entanto, o Sindicato dos Rodoviários disse que vai monitorar e, no caso de atos de violência contra o transporte coletivo, poderá tomar alguma medida. 

Brigada Militar: A partir de amanhã tem aquartelamento dos policiais militares, uma decisão apoiada pelas associações dos soldados, sargentos, subtenentes e tenentes, oficiais e bombeiros. Dependendo do posicionamento do governo, o aquartelamento pode se estender até quinta-feira. Já a Associação dos Policiais Militares (APM) diz que não compactua com atos isolados e solicita mais diálogo com o governo para achar alternativa.

Polícia Civil: A partir de hoje, serão registradas apenas ocorrências graves, a critério de cada delegado. As outras devem ser registradas pela delegacia on-line. Segundo a Associação dos Delegados de Polícia (Asdep), não serão realizadas operações policiais até a data da integralização do subsídio referente a agosto. 

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.