Segundo dia de greve em Santo Ângelo tem protesto marcado para esta manhã

NULL
Lucas de Campos 1 setembro, 2015 Fonte:

O segundo dia da greve do funcionalismo público segue a todo o vapor no estado. Nesta manhã em Santo Ângelo a maioria das escolas estavam vazias. Ainda não se tem um balanço exato de quantas paralisaram, mas o 9º núcleo do Cpergs de Santo Ângelo acredita que a maioria dos professores aderiu à paralisação.

Os trabalhos habituais do presídio estão suspensos, apenas estão sendo realizados os serviços de alimentação e horário de sol. Não está permitida a entrada de advogados. Apenas uma visita por apenado, sem sacolas. Está suspensa também a prática de cultos religiosos.

Soldados, sargentos e tenentes da Brigada Militar e do Corpo de Bombeiros decidiram pelo início do aquartelamento a partir desta terça-feira em todo o Estado. Em São Luiz Gonzaga, segundo informações da Rádio Missioneira, a Brigada Militar foi impedida de sair para a rua pelos manifestantes desde às 6h. Em Santo Ângelo o 7º RPMon informa que está trabalhando normalmente sem previsão de paralisar. Logo mais às 10h haverá protesto das categorias de servidores na ERS 344, próximo ao posto da Brigada Militar.

A Polícia Civil realiza apenas registros urgentes. A orientação é de que a população realize registros de pequenas ocorrências online.

GREVE PROLONGADA

Reunido na tarde da segunda-feira para fazer um balanço do primeiro dia de greve do funcionalismo, o Movimento Unificado sinalizou a possibilidade de prolongar até sexta a paralisação das categorias, inicialmente prevista para ser encerrada na próxima quinta. Até o dia 11, o governo pretende pagar mais R$ 800,00 ao funcionalismo, R$ 1,4 mil até o dia 15 e o restante até o dia 22 de setembro.

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.