SEFAZ vai realizar em junho blitz do IPVA na região das Missões

Blitz para combater inadimplência do IPVA nas missões
Lucas de Campos 24 maio, 2016 Fonte:

O Estado começou nesta semana blitze de fiscalização do IPVA em Porto Alegre e Gravataí. Essa fiscalização que acontece neste mês de maio na região metropolitana deverá também ser feita Santo Ângelo e região Noroeste a partir de junho.

A informação foi repassada hoje pela manhã durante entrevista no programa Aldeia Global pelo delegado da 9ª Delegacia da Receita Estadual, Joaquim Henrique John de Oliveira.

Conforme ele, a 9ª delegacia engloba 85 municípios e Santo Ângelo encontra-se em 16º lugar nos índices de inadimplência de veículos na regional.

“Santo Ângelo tem hoje 26.076 veículos. Desse total, 21.539 veículos (82,6%) estão em dia com o IPVA e os outros 4.537 (17,4%) encontram-se inadimplentes. Agora em relação aos valores recolhidos, a inadimplência chega a 12,28% no município”, frisa.

No Estado do Rio Grande do Sul com uma frota superior a 3,6 milhões de veiculos que é tributada, um total de 718 mil e 962 veículos segue transitando com o imposto atrasado, o que representa 19%, ou seja, 380 milhões de reais que deixaram de entrar nos cofres públicos.

Joaquim John de Oliveira informa que a inadimplência em Cruz Alta é de 23%, Ijuí 19%, Santa Rosa 14% e em São Luiz Gonzaga chega a 16% dos veiculos que não pagaram IPVA.

E na microrregião de Santo Ângelo, Entre-Ijuís ficou está com uma inadimplência de 11,03%; São Miguel das Missões com 8,87%; Vitória das Missões 6,89%; e Eugênio de Castro o índice é de 5,52%.

Joaquim diz que o índice de 19% de inadimplência no Estado é alto em decorrência das mudanças feitas no calendário do IPVA pelo governo que antecipou os pagamentos para o mês de abril.

“Antes o pagamento era feito dentro do mês do licenciamento do veículo. A mudança afetou o planejamento de muitas pessoas que pagavam seu IPVA baseando-se no antigo calendário”, explica.

Um fato que o delegado também observa é que hoje há casos de veículos com IPVA atrasado, mas regulares no que se refere ao licenciamento. Nestas situações, acontece apenas a aplicação de multa. Agora em casos de IPVA e licenciamento em atraso o automóvel será recolhido. O proprietário receberá multas e ainda terá que pagar a taxa do guincho”, observa.

O delegado diz ainda que enquanto no Estado a média de inadimplência fica em 13,79% na regional está em 10,91%,

No dia 30 de março venceu o licenciamento dos veículos com placas de final 1, 2 e 3. Já no dia 31 de maio vencerá as placas de final 4, 4 e 6. No dia 30 de junho será a vez das placas de final 7 e 8. E, por fim, no dia 31 de julho os veículos com placas de final 9 e 0.

 

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.