Saúde terá perda de R$ 10 bi em 2015 , diz Perondi

NULL
Lucas de Campos 20 fevereiro, 2015 Fonte:

O orçamento impositivo, que obriga o governo a pagar emendas parlamentares, pois não poderá mais ser utilizada como moeda de troca. Se por um lado a PEC é importante para a independência do poder legislativo, o setor de Saúde sairá perdendo, conforme alerta do deputado federal do PMDB, Darcísio Perondi.O deputado denunciou que uma emenda entrou como contrabando no orçamento positivo. Perondi disse que a liderança do senado alertou a proposta de emenda impositiva, enterrando definitivamente o movimento Saúde mais 10. O parlamentar afirmou que o governo mexeu na proposta, o senado e a camara aceitaram e o dinheiro para o SUS, em 2015, terá um buraco de no mínimo 10 bilhões de reais.Perondi disse que isso foi elaborado no palácio do Planalto, observando que o governo se aproveitou de uma proposta boa para o setor de saúde., Perondi disse que continuará faltando recursos. Darcisio Perondi disse que o governo deu mais uma prova que a saúde não é prioridade.

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.