São Luiz tem registro de caso importado de sarampo

Foto: Altemar Alcantara/Semcom
Sepé Tiaraju 8 junho, 2018 Fonte:

A Secretaria Estadual da Saúde informou nesta semana um caso de sarampo em São Luiz Gonzaga. O paciente é uma criança de um ano, que não havia sido vacinada, e contraiu o vírus durante uma viagem à Europa, onde há um surto da doença.

O caso seria importado, quando o vírus é contraído fora do Estado. Outros cinco casos suspeitos são investigados em Porto Alegre. Um dos pacientes viajou recentemente a Manaus, onde também há um surto da doença.

O governo destaca que as Américas foram consideradas livres de sarampo em setembro de 2016, após os continentes ficarem 12 meses sem circulação do vírus. No entanto, o Brasil tem 104 casos confirmados da doença, que, além do Rio Grande do Sul, foi registrada também em Roraima e Amazonas.

Os sintomas do sarampo são febre, manchas no corpo, tosse, coriza e conjuntivite. A secretaria pede que possíveis infectados procurem os serviços de saúde, e avisem sobre casos suspeitos às Secretarias Municipais de Saúde ou ao Disque Vigilância pelo número 150.

A vacina Tríplice Viral, que protege contra o sarampo, caxumba e rubéola, é disponibilizada sem custos na rede pública de saúde para a população de 1 a 49 anos de idade, e para profissionais que atuam na área da saúde.

 

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 13 dezembro, 2018

    RGE trocou 272 postes em Guarani das Missões de janeiro a setembro

    A Rio Grande Energia (RGE) concluiu importantes obras na rede elétrica de Guarani das Missões ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 13 dezembro, 2018

    Homem morre eletrocutado em Coronel Bicaco

    Um homem morreu eletrocutado, por volta das 15, de quarta-feira, 12,  em uma rede de ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 13 dezembro, 2018

    Mulheres realizam manifesto em São Nicolau contra o feminicídio

    Mais de 100 pessoas com cartazes fizeram caminhada contra o feminicídio em São Nicolau. O ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.