Santas Casas apelam para reunião com Sartori antes de paralisação

NULL
Lucas de Campos 27 fevereiro, 2015 Fonte:

Em reunião com entidades médicas do Rio Grande do Sul, a Federação das Santas Casas do Estado optou pela não restrição de serviços à população até uma “conversa definitiva” com o governador José Ivo Sartori, conforme relatou o presidente da entidade, Julio Matos. Um pedido de audiência foi protocolado na manhã desta sexta-feira, mas o governo ainda não deu retorno aos profissionais de saúde.– É um pedido em caráter emergencial, uma última oportunidade de fala com o governador. Queremos expor, de maneira definitiva e ampla, o que significa o corte de 30% na área da saúde e os reflexos sociais disso. Não se afasta a paralisação – afirma Matos.Além da Federação das Santas Casas, assinaram o pedido a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Associação Médica do Rio Grande do Sul (Amrigs), Conselho Regional de Medicina (Cremers), Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), Conselho dos Secretários Municipais de Saúde e Federação dos Trabalhadores de Serviços em Saúde.Sem o pagamento de recursos devidos pelo governo estadual, as Santas Casas e outros hospitais filantrópicos gaúchos anunciaram, no final de janeiro, que teriam de restringir serviços à população.

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.