Santa Rosa: laudo diz que bebê morreu de traumatismo

NULL
Lucas de Campos 8 dezembro, 2015 Fonte:

Laudo da necropsia aponta que morreu de traumatismo craniano o bebê de 38 dias que chegou sem vida à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santa Rosa. A criança foi levada até o local pelos pais na madrugada de domingo, 6.

O caso esta sendo investigado pelo delegado Tiago Tescke, que é substituto na Delegacia Especializada da Mulher. Segundo o policial, o documento revela que a morte foi resultado de "hemorragia decorrente de traumatismo". Por isso, foi descartada a hipótese de violência sexual contra a criança, primeira linha de investigação levantada pela polícia.

A possibilidade de abuso ocorreu por "informações preliminares que o pessoal do atendimento nos passou", como hematomas na região das nádegas e na perna esquerda, no contorno da virilha. "Eu acompanhei necropsia e verificamos algumas hipóteses. E, por isso, acabamos descartando abuso."

O laudo da necropsia também aponta que o trauma na cabeça da criança ocorreu nas últimas 24 horas de vida e foi provocado por um objeto "contundente". Por isso, a partir de agora o delegado pretende levantar o que ocorreu durante esse período. Os pais foram ouvidos ainda no domingo, mas relataram não notaram nada de estranho com a criança antes de correrem para o hospital.

O pai disse que passou o sábado trabalhando, das 7h às 19h, e que teve pouco contato com o bebê. "Ele a princípio, não viu nada de anormal. Inclusive não percebeu lesão alguma." O homem só percebeu que a criança "estava apática e com a visão fraca" quando a mãe passou mal durante a noite.

Outras pessoas que tiveram contato com o bebê serão ouvidos, entre familiares e vizinhos, observou o delegado. Os pais serão novamente chamados para depor. A intenção de ouvir mais pessoas é esclarecer de que forma ocorreu a lesão. "Queremos ver lesão foi intencional ou dolosa (por descuido ou por acidente). Definir de que forma, quem praticou", explicou o delegado.

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.