Realização da 17ª FENAMILHO foi altamente positiva

NULL
Lucas de Campos 11 maio, 2015 Fonte:

Foi concluída na noite de ontem no parque de exposições Siegfried Ritter a 17ª Feira Internacional do Milho-FENAMILHO. Após 10 dias de exposição, a comissão central responsável pela organização avaliou que o objetivo do slogan da feira foi alcançado – Sementes que promovem desenvolvimento.

         “Nossos resultados foram altamente positivos, onde atingimos os objetivos dos empresários, expositores e público visitante”. Essa foi a manifestação feita na manhã de hoje pelo presidente da 17ª Fenamilho, Antônio Alberto Gomes Toscani durante entrevista no programa Aldeia Global.

         Afirmou que mais uma vez o evento se consolida com a manutenção do seu foco que são os negócios, atingindo resultados econômicos e financeiros. Com relação a presença de público, o presidente confirmou que a finalização das planilhas de acesso ao parque apresentaram uma redução de 5% a menor do que a feira realizada em 2013.

         Na 16ª Fenamilho os acessos ao parque chegaram a 100 mil pessoas, e agora o publico presente na 17ª edição foi de 95 mil.

         “Eu esperava um público maior, na ordem de 110 a 120 mil pessoas”, disse Toscani. Na sua avaliação entre os fatores que impediram essa meta estão às condições climáticas que foram desde o sol, passando pela chuva e o frio, além da grave crise econômica em nível federal e estadual.

         Lembrou que as demais feiras realizadas até agora no Estado também apresentaram retratação de público e negócios. Citou o exemplo da Expofeira que registrou uma queda de 30% nestes quesitos.

         Mesmo com ingressos populares no valor de 8 reais, definidos ainda no ano passado, o presidente admitiu que diante da situação econômica nacional, acabaram se tornando caros. Toscani reconheceu que na segunda-feira dia 4, quando o acesso ao parque foi gratuito, 24 mil pessoas estiveram na Fenamilho.

         O presidente também analisou a questão da realização de grandes shows nacionais. Frisou que a decisão de não promover esses eventos nasce após grandes debates com os expositores e com as entidades promotoras da Fenamilho, onde todos são unânimes em defender apenas a realização de espetáculos médios.

         Antônio Toscani ressaltou que com o ingresso único, o público tinha a oportunidade de visitar os pavilhões e participar de diversas atividades artísticas e culturais. “Até é possível repensar a questão de grandes shows, porém os atores principais que são os expositores irão se afastar da feira”, afirmou.

         Com relação a negócios, o presidente acredita que a 17ª Fenamilho não irá alcançar a previsão inicial que era de 180 milhões de reais. Mesmo assim, confirmou que importantes negócios foram realizados em todos os setores, como varejo, automóveis, máquinas pesadas, equipamentos agrícolas e de alimentos.

         Sobre a praça da alimentação o presidente disse que esse setor foi uma decisão sua e dos demais membros da comissão. Segundo Toscani, nesta Fenamilho os lanches deixaram de ser vendidos e saboreados na rua, e por uma questão de higiene, longe da exposição dos animais.

         “Avaliamos que a praça da alimentação ficou em um local ideal, porém ainda precisamos melhorar pequenos detalhes para a próxima edição”, comentou. Com relação aos preços praticados especialmente no setor gastronômico, frisou que ficou a critério dos expositores, ou seja, foi o próprio negócio que regulou os valores.

         Por fim, o presidente da 17ª Fenamilho ressaltou que a lição deixada por essa edição, está a necessidade de melhorar o acesso ao parque através da portaria. Disse Toscani que é preciso melhorar a entrada de público com o uso da tecnologia, instalando cancelas para ingresso de automóveis e roletas para os pedestres.

         Nesta semana, a comissão central estará reunida praticamente todos os dias. Estima Antônio Alberto Toscani que até sexta-feira poderá fechar os números de comercialização, porém enfatizou que a comissão central ainda irá trabalhar na captação de recursos junto aos patrocinadores, pois pela primeira vez a Fenamilho aprovou projeto junto a Lei Rouanett.

 

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.