Provável Tornado atingiu São Miguel das Missões e causou devastação na cidade

Pessoas feridas, telhados do hospital, do CTN e de casas arrancados pelo vento, Museu destruído, árvores derrubadas sobre automóveis, estão entre os danos
Lucas de Campos 25 abril, 2016 Fonte:

População do município e turistas que visitavam São Miguel das Missões foram surpreendidos por forte temporal no final da tarde de domingo (24), por volta das 18horas, nas proximidades das Ruínas de São Miguel. Um provável tornado invadiu a cidade, situada na região das Missões, noroeste do Rio Grande do Sul, e trouxe graves prejuízos e preocupações.

A estimativa da Defesa Civil estadual é de que mais de 60 casas foram atingidas. Mas, somente amanhã, após uma varredura completa, será possível mensurar a dimensão exata de todos os danos, incluindo a grande quantidade de árvores enormes que caíram na cidade e no interior.

Estragos por toda parte

Cinco pessoas (1 turista e 4 moradores locais), algumas visitavam as Ruínas naquele exato momento, tiveram ferimentos leves e passam bem. O turista, além de ter se machucado, teve o carro destruído por uma árvore. Parte da cobertura de zinco do Hospital São Miguel, recentemente construída, foi arrancada e arremessada para os fundos do prédio. Vários medicamentos do laboratório molharam e foram invalidados, pois as salas onde estavam guardados foram inundadas. Além disso, muitas telhas quebraram resultando em fortes goteiras e vazamentos em vários pontos internos do hospital.

Segundo os funcionários, apesar dos estragos e da situação desoladora, o importante é que a ala onde estão os pacientes não foi atingida.

O Museu das Missões, na Secretaria Municipal de Turismo, no CTN Sinos de São Miguel, também foram fortemente danificados pelo excesso das águas.

Amparo da AMM

Em solidariedade ao município de São Miguel das Missões, o presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM), Luiz Valdir Andres, em nome de todo o colegiado de prefeitos da Associação, deverá se reunir amanhã com o prefeito Hilário Casarin para oferecer apoio da AMM e ver quais são as providências necessárias e viáveis para contornar esta difícil situação.

Aos poucos a energia está voltando, pois a cidade ficou completamente escura. Mas como a chuva e o vento continuam muito fortes, ainda não abrandou a preocupação de quem está por aqui, em razão do tufão de vento, tornado, ou seja qual for o nome deste fenômeno avassalador, que teve a ousadia de passar pela região das Missões.

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.