Proprietária efetuou registro contra falsa denúncia sobre seu canil em Entre-Ijuís

Sepé Tiaraju 4 junho, 2019 Fonte: A Tribuna

Em entrevista ao programa Aldeia Global, a proprietária do Lar de Passagem Amor Animal, Carina Bruckmann, contou que representantes do Ministério Público, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e da Vigilância Sanitária estiveram visitando seu canil, que fica na Serra de Baixo, em Entre-Ijuís. Carina acredita que a visita foi em decorrência de denúncia falsa por e-mail encaminhada ao município.

“Fomos vítima de uma denúncia ocorrida quando começamos a atender os cães de Santo Ângelo. Alguém se aproveitou da situação. A denúncia foi levada para a ouvidoria do município. Fizemos registro do caso e o fato está sendo investigado. Considero injusta essa denúncia. Só quem cuida de um canil conhece o trabalho desafiador. Estava com os cães há apenas dez dias quando a denúncia aconteceu. Lembro que os animais que aqui chegaram estavam extremamente assustados”, disse Carina.

APONTAMENTOS

A proprietária confirmou que o Ministério Público apontou questionamentos sobre a sistemática de funcionamento do canil. “Não há uma legislação específica sobre animais. Reconheço que trabalho de uma forma diferente do que no Rancho LM. Antes de ser uma proprietária de canil, sou uma protetora dos animais. Não utilizo baias para os cães. O espaço é mais amplo. Buscamos o bem estar dos animais. Tenho aqui 132 animais do Rancho LM e mais 10 animais encaminhados pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente. Desse total, alguns cães já foram doados e outros entraram em óbito porque chegaram doentes.”

Carina revelou que há quatro anos cuida de animais enviados pela Associação Santo-angelense de Proteção dos Animais (ASPA). “Os representantes da associação sempre nos visitam e acompanham o trabalho desenvolvido pelo Lar de Passagem Amor Animal. No nosso espaço nunca baixou de 150 animais em atendimento.”

LAUDO

A proprietária do canil afirmou que o estabelecimento foi fiscalizado anteriormente e que técnico da Prefeitura de Santo Ângelo concedeu autorização. Carina disse que caso fosse necessário poderia fazer as adequações exigidas. O valor mensal do serviço contratado pela Prefeitura de Santo Ângelo é de R$ 15mil.

REPORTAGEM

A reportagem fez contato com assessoria do Ministério Público que informou estar aguardando parecer do Município sobre essa questão. Já o secretário Municipal de Meio Ambiente, Francisco Medeiros, não quis se pronunciar neste momento, pois aguarda resultado de sindicância interna para verificar o que realmente aconteceu quando o Município deu laudo positivo a um espaço no qual teve apontamentos feitos pelo Ministério Público questionando a estrutura do canil.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 26 junho, 2019

    Câmara de Turismo do Paraguai visita às Missões

    Uma equipe técnica da Câmara Municipal de Turismo do Paraguai está passando por vários municípios, ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 25 junho, 2019

    Morre o professor Luiz Trevisan

    Morreu, na noite desta terça-feira, 25, o professor Luiz Trevisan que iniciou sua carreira no ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 25 junho, 2019

    Clube dos Desbravadores da IASD recebe homenagem do Poder Legislativo

    Requerida pelo presidente da Câmara de Vereadores, Dionísio Faganello (DEM), uma Sessão Especial realizada na ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.