Propriedade rural invadida pelo MST no RS é vendida em leilão

NULL
Lucas de Campos 22 maio, 2015 Fonte:

Foi arrematada em leilão nesta quinta-feira (21) a propriedade rural invadida na semana pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) em Cruz Alta. A área pertencia à massa falida da Varig e foi comprada por investidores de Ijuí, na mesma região. O remate ocorreu no Rio de Janeiro.As terras foram compradas por R$ 1,8 milhão, 22% abaixo da avaliação do imóvel, mas acima do lance minino exigido no leilão. Por questões contratuais, os compradores só vão pode utilizar a propriedade depois do término do contrato de arrendamento a um produtor rural de Cruz Alta. A fazenda está arrendada até 2019.O MST continua acampado no local. O novo proprietário deve pedir na justiça a reintegração de posse, para que o movimento desocupe as terras. Enquanto isso, a Brigada Militar deve permanecer monitorando o movimento.O grupo queria que o Incra adquirisse a área para assentar as famílias. Em nota, o Incra disse que tentou participar do leilão, mas o instituto não possui uma avaliação da área, e que somente poderia realizar oferta em títulos da dívida agrária, e o leilão requeria ofertas à vista.Em abril do ano passado, a mesma área já tinha sido ocupada pelo MST, mas o arrendatário conseguiu a reintegração de posse. Na ocasião, o movimento teve que deixar o local.

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.