Professora da CNEC Santo Ângelo apresenta trabalho no 2º ToxiLatin, em Porto Alegre

Sepé Tiaraju 1 julho, 2018 Fonte:

No início do mês de junho, a professora do curso de Biomedicina da CNEC Santo Ângelo, Juliana Roncato, participou do 2º Latin American Congress of Clinical and Laboratorial Toxicology, que aconteceu em Porto Alegre.

Na ocasião, a professora apresentou o trabalho “Toxicological comparison between Zein and PCL nanoparticles containing Clove Oil and Eugenol in Caenorhabidtis elegans”, que fará parte da tese de Doutorado. A professora Juliana integra o grupo de pesquisa “Nanotoxicologia em modelo animal alternativo: O verme de vida livre chamado Caenorhabidtis elegans”.

Segundo a professora, “a difusão do conhecimento é o caminho mais promissor para o avanço da ciência. A disseminação do conhecimento já estabelecido abre espaços para novas discussões e descobertas, que norteiam os próximos desafios na área de Toxicologia com base nas preocupações da comunidade científica. O que antes era resumido nos estudos forenses, hoje é a busca pela longevidade e qualidade de vida. Os desafios atuais estão focados na redução dos efeitos toxicológicos em diferentes sistemas vivos, enquanto o tipo de exposição e a quantidade de potenciais agentes tóxicos estão aumentando em exposições a xenobióticos em nanoescala”.

Nesse contexto, o tema do 2º ToxiLatin foi a moderna Toxicologia voltada à saúde e prevenção. Importantes cientistas nacionais e internacionais participaram do congresso para discutir e reduzir as fronteiras do conhecimento sobre o uso de tecnologias destinadas a possíveis estratégias de prevenção de doenças crônicas não transmissíveis causadas por agentes químicos. A nanotoxicologia foi mais uma vez um dos destaques do congresso, portanto, ainda podemos avançar no sentido de garantir o uso seguro de nano-drogas que podem revolucionar inúmeros tratamentos médicos, como a terapia do câncer.

A professora Juliana Roncato acrescenta ainda que “a Toxicologia Moderna difunde, discute e avança para melhorar a qualidade da vida humana, utilizando recursos modernos, modelos alternativos e multidisciplinaridade, peculiar a esta Ciência”.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 19 novembro, 2018

    URI apresenta pesquisas no Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais

    Estudantes e professores das áreas de Física, Engenharias Mecânica, Química e Civil da URI Santo ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 16 novembro, 2018

    Mobilização e solidariedade fizeram Diego Maciel adquirir autonomia de locomoção

    Gratidão. Esta, é a palavra que exprime o sentimento do jovem Diego Lemos Maciel, secretário ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 14 novembro, 2018

    URI inscreve até dia 20 para o Vestibular de Verão

    Entre as diferentes formas de ingresso em cursos de graduação da URI Santo Ângelo, o ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.