Presidente da FETAG diz que crise no setor de leite é maior do que o governo projeta

NULL
Lucas de Campos 12 março, 2015 Fonte:

 O presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio Grande do sul disse que a crise no setor leiteiro é muito mais profunda e delicada do que o governo projeta. Carlos Joel da Silva, que participou do ato de protesto realizado segunda-feira em Santa Rosa, afirmou que a situação está ficando cada vez mais difícil para os produtores de leite.O dirigente afirmou que o preço pago ao produtor está 30 ou 40 por cento mais baixo, em função da crise no setor. Carlos Joel da Silva disse que se manterá um calendário de mobilização, até que a situação seja contornada.O presidente da FETAG confirma que existem uma série de gargalos que poderiam ser resolvidos. Ele cita a necessidade de se ampliar o mercado para o leite gaucho, com exportações para a Rússia e aumento na compra de leite em pó como alternativas para se começar a sair da crise.

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.