Prefeitos gaúchos cobram do FNDE repasses federais em atraso para construção de creches

NULL
Lucas de Campos 17 abril, 2015 Fonte:

O governo federal possui mais de R$ 172 milhões de repasses em atraso na área da educação. O bloqueio na transferência de recursos da União prejudica a construção de creches em 110 municípios gaúchos, dentre os quais Santo Ângelo  e ameaça o cumprimento das metas do Plano Nacional da Educação .Para debater esse assunto, uma comitiva de prefeitos gaúchos, liderada pelo presidente da Famurs, Seger Menegaz, esteve nesta semana  com a presidência do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação , em Brasília.Menegaz disse em entrevista a Rádio Sepé que é preciso   que disponibilizar vagas em pré-escolas para crianças de 4 e 5 anos até 2016, porém o atraso na transferência dos recursos nos impossibilita de acatar essa demanda.O presidente da Famurs disse que  ao longo dos últimos quatro anos, foram aprovados, no Programa de Aceleração do Crescimento , 357 projetos de 153 municípios gaúchos para a construção de creches. Do total, 110 prefeituras ainda têm recursos a receber. Dos R$ 339 milhões que deveriam ter sido repassados, menos da metade – em torno de 167 milhões – chegou aos cofres os municipais .

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.