Prefeito Vicini preocupado com desabastecimento rural devido movimento dos caminhoneiros

NULL
Lucas de Campos 24 fevereiro, 2015 Fonte:

O bloqueio de rodovias na região das missões e grande Santa Rosa, organizado por caminhoneiros começa causar problemas no setor primário.

A preocupação foi manifestada pelo prefeito Alcides Vicini durante entrevista hoje no programa Aldeia Global. Segundo ele, já são muitas as dificuldades que estão sendo geradas tanto na produção leiteira como também na produção de suínos.

Conforme o prefeito, centenas de produtores de leite na sua região, estão desde o dia de ontem impossibilitados de tirar de suas propriedades a produção diária do produto. O bloqueio impede a circulação dos caminhões das empresas que fazem o recolhimento, disse Vicini.

Outra dificuldade apontada pelo prefeito de Santa Rosa, está relacionada com o frigorífico Alibem. Tanto em Santo Ângelo como em Santa Rosa, existe uma população de 700 mil suínos que necessitam de alimento, ou seja, ração.

Afirma Alcides Vicini, que já está faltando alimento para os leitões. “Quando os porcos não possuem ração, acontece o fenômeno do canibalismo animal, e os produtores não sabem o que fazer e a quem recorrer” disse o prefeito.

Durante a entrevista ele fez um apelo para que os caminhoneiros demonstrem bom senso e flexibilizem a passagem de caminhões com ração, carga viva e de leite.

Ele chegou a conversar e pedir apoio nesse processo de conscientização dos caminhoneiros aos seus colegas prefeitos, como é o caso de Valdir Andres de Santo Ângelo, Fioravante Balin de Ijuí e Fabian Thomas de Giruá.

Segundo Vicini, é justa e conta com o apoio da sociedade a mobilização dos caminhoneiros, porém eles não podem provocar o desabastecimento das propriedades rurais e no futuro até mesmo das cidades. “É preciso que o protesto continue tendo a simpatia da sociedade”, concluiu o prefeito. 

 

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.