Prefeito de Planalto é acusado de oferecer dinheiro por sexo com jovem de 13 anos

Agentes fazem busca em gabinete de prefeito acusado de pedofilia
devicari 15 Maio, 2018 Fonte: O Globo

O prefeito de Planalto, Antônio Carlos Damin, o Tonho (PDT), afirmou ser inocente e negou as acusações de que estaria envolvido em um caso de estupro vulnerável. O político foi alvo de operação contra pedofilia desencadeada na terça-feira,15, pelo  Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS). Ele é investigado por oferecer R$ 1 mil a uma menina, de 13 anos, para que tivesse relações sexuais.

O acusado afirma que a denúncia é falsa da jovem e não sabe o motivo desta atitude da menina. O prefeito também negou ter mostrado vídeos eróticos à jovem.  Ele admitiu que solicitou aos pais da jovem para que a denúncia fosse retirada, mas que essa conversa não passou de um pedido. Em relação de ter tocado na jovem, afirmou ser uma mentira e que nunca tocou nela.

Notícias Relacionadas

  • devicari 24 Maio, 2018

    Brigada Militar apreende camionete com maconha na ERS 342 em Ijuí

    A Brigada Militar fez barreira, na noite de quarta-feira, 23, no trevo do Posto 44, ...

    Leia mais >
  • devicari 24 Maio, 2018

    Temer reúne ministros para discutir greve dos caminhoneiros

    Antes de viajar para Porto Real (RJ) e Belo Horizonte (MG), o presidente Michel Temer ...

    Leia mais >
  • devicari 23 Maio, 2018

    Força-tarefa vistoria presídios de Arroio dos Ratos e Charqueadas

    A força-tarefa que trabalha na regularização ambiental dos presídios gaúchos visitou, na terça-feira, 22,  quatro ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.