Prefeito de Planalto é acusado de oferecer dinheiro por sexo com jovem de 13 anos

Agentes fazem busca em gabinete de prefeito acusado de pedofilia
Sepé Tiaraju 15 maio, 2018 Fonte: O Globo

O prefeito de Planalto, Antônio Carlos Damin, o Tonho (PDT), afirmou ser inocente e negou as acusações de que estaria envolvido em um caso de estupro vulnerável. O político foi alvo de operação contra pedofilia desencadeada na terça-feira,15, pelo  Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS). Ele é investigado por oferecer R$ 1 mil a uma menina, de 13 anos, para que tivesse relações sexuais.

O acusado afirma que a denúncia é falsa da jovem e não sabe o motivo desta atitude da menina. O prefeito também negou ter mostrado vídeos eróticos à jovem.  Ele admitiu que solicitou aos pais da jovem para que a denúncia fosse retirada, mas que essa conversa não passou de um pedido. Em relação de ter tocado na jovem, afirmou ser uma mentira e que nunca tocou nela.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 18 março, 2019

    Brasil dispensa visto de entrada para Canadá, EUA, Japão e Austrália

    O governo federal publicou hoje (18), no Diário Oficial da União, um decreto dispensando o visto de entrada ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 18 março, 2019

    Homem esfaqueado na área central passa por cirurgia no HSA

    Um homem foi esfaqueado , nesta segunda-feira, 18, por volta das 17 horas, na avenida ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 18 março, 2019

    PGR pede informações sobre dinheiro depositado em conta da Lava Jato

    A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu hoje (18) que a Caixa Econômica Federal apresente ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.