Prefeito de Não-Me-Toque acusado de assédio sexual é cassado

Sepé Tiaraju 11 agosto, 2018 Fonte: Gaúcha ZH
A Câmara de Vereadores de Não-Me-Toque decidiu, na noite de sexta-feira (10) cassar o prefeito da cidade Armando Carlos Roos, afastado do cargo desde julho. Roos é réu por assédio sexual de servidoras, importunação ofensiva contra uma terceira vítima, abuso de autoridade e perturbação do sossego.
Dos nove vereadores da cidade, seis votaram pela cassação. Outros três parlamentares se ausentaram da sessão. A cassação exigia maioria qualificada, de dois terços da Câmara da cidade, para ser aprovada.
As duas servidoras da prefeitura que acusam o prefeito de abuso sexual alegam que foram ameaçadas de perda ou de rebaixamento de cargo caso não aceitassem os favores sexuais propostos pelo prefeito. Um dos casos foi gravado e divulgado, dando repercussão ao ocorrido.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 10 dezembro, 2018

    Metade de inscritos com direito à nova prova consultam Enem

    Cerca da metade dos 2,7 mil inscritos com direito a reaplicação do Exame Nacional do ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 10 dezembro, 2018

    PRF prende homem por porte ilegal de arma de fogo na BR 285 em Entre-Ijuís

    Na manhã de sábado (08), a PRF prendeu um homem por porte de revólver calibre ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 10 dezembro, 2018

    Veículo é consumido pelo fogo em Cerro Largo

    Nesta segunda-feira, 10, por volta das 5h45min, um veículo VW Polo pegou fogo na rua ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.