Policiais civis paralisam atividades na terça-feira

NULL
Lucas de Campos 27 abril, 2015 Fonte:

            Nesta terça-feira dia 28 de abril, os policiais civis estarão paralisados das 8h30min às 18 horas. A convocação está sendo feira pelo Sindicato dos escrivães, inspetores e investigadores da polícia civil gaúcha- UGEIRM.

            Hoje pela manhã estiveram na rádio Sepé os investigadores Luciano Dorneles e Eduardo Machado, quando orientaram de que não deve haver circulação de viaturas, ou seja, todas devem ser mantidas paradas no órgão a que pertencem.

            Os policiais também disseram que amanhã não haverá cumprimento de mandados de prisão, operações policiais, serviço cartorário, entrega de intimações, oitivas, remessa de inquéritos policiais ao poder Judiciário e demais procedimentos de polícia judiciária.

            Com relação aos plantões das delegacias de pronto atendimento, a orientação é que somente atenderão os flagrantes e casos de maior gravidade tais como: homicídio, estupro, ocorrências envolvendo crianças e adolescentes e lei Maria da Penha, além daquelas ocorrências em que os plantonistas julgarem imprescindível a intervenção imediata da polícia civil.

            Conforme Luciano Dorneles, em todos os casos deve-se exigir a presença, em tempo integral, da autoridade policial. Diz ele, que os agentes devem concentrar em frente às DPPAs ou delegacias de polícia, prestando o apoio necessário aos colegas que estiverem de plantão no dia da paralisação e esclarecendo a população sobre os motivos do movimento paredista.

            A principal reivindicação dos policiais civis é o contingenciamento dos recursos para a segurança pública, aliado a questão administrativa que repercute na redução das horas extras aos servidores que atuam nas volantes e também no setor de investigação. 

 

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.