Polícia não encontra ligação do detido com o duplo homicídio

Delegado Heleno dos Santos (Banco de dados/AT)
Sepé Tiaraju 7 junho, 2018 Fonte: A Tribuna

Execução, vingança e acerto de contas são as teses que a Polícia Civil trabalha na investigação do duplo homicídio, ocorrido por volta das 9 horas, desta quarta-feira, 6. em loja na esquina das ruas Sete de Setembro e Daltro Filho, em Santo Ângelo. As vítimas foram mortas por disparos de arma de fogo. Rosvaldo Rosário Meirelles, de 33 anos, morreu no local com tiros na cabeça e a mulher, Rossana Vieira Pacheco, de 32 anos, foi levada com vida ao Hospital Santo Ângelo, mas não resistiu os ferimentos. O caso foi acompanhado pela delegada de plantão, Maria Rosane Fontella.

O delegado Heleno dos Santos, que comanda as investigações, conta que a mãe de Rosvaldo, que estava em peça ao lado da cena do crime, revelou ter ouvido vozes de duas pessoas discutindo antes dos disparos, mas não que não pode visualizar ninguém.

“As duas vitimas tinham vários antecedentes policiais. Hoje, fizemos a detenção de um suspeito para averiguação, mas não foi confirmada sua participação no caso. Trabalhamos com várias hipóteses para o motivo do crime. Colocamos equipes nas ruas para identificar e prender os autores deste duplo homicídio”, informou o delegado Heleno dos Santo

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 17 dezembro, 2018

    Iradir Pietroski é reconduzido à presidência do TCE-RS

    Na manhã desta segunda-feira (17), o Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) realizou a sessão ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 17 dezembro, 2018

    Embraer e Boeing aprovam fusão e aguardam aval do governo

    A Embraer anunciou nesta segunda-feira, 17, que seu conselho de administração aprovou a parceria estratégica ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 17 dezembro, 2018

    Empossada nova diretoria da Senasa

    Em meio às comemorações do Dia do Engenheiro (11/12) e Dia do Arquiteto (15/12), Santo Ângelo ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.