Pesquisa CNT/MDA: Jair Bolsonaro tem 57% e Fernando Haddad, 43%

Candidatos à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).
Sepé Tiaraju 22 outubro, 2018 Fonte: Correio do Povo

Nova pesquisa eleitoral, divulgada pela CNT/MDA nesta segunda-feira, mostra o candidato Jair Bolsonaro (PSL) com 57% dos votos válidos, contra 43% de Fernando Haddad (PT).

Para 91,1% dos eleitores de Bolsonaro, o voto está definido. Entre os eleitores de Haddad, esse percentual é de 91,3%.

A rejeição de Fernando Haddad continua sendo a mais alta, sendo que 51,4% dos entrevistados não votariam nele de jeito nenhum. Jair Bolsonaro é rejeitado por 42,7%.

Apenas 14,6% dos entrevistados acreditam que Haddad será eleito presidente. Para 74,4%, Bolsonaro sairá vitorioso no domingo, quando ocorre o segundo turno.

O levantamento incluiu também uma questão também sobre o interesse da população nessa eleição. De acordo com a pesquisa, 41,3% dizem ter muito interesse, enquanto apenas 15% manifestam nenhum interesse.

Foram ouvidos 2.002 entrevistados em 137 cidades de 25 Estados, nos dias 20 e 21 de outubro. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos, considerando nível de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-00346/2018.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 13 dezembro, 2018

    PDT recusa convite de Leite e adota independência na Assembleia

    Por ampla maioria, a Executiva do PDT recusou, na tarde desta quinta-feira, o convite do ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 11 dezembro, 2018

    Senadores e deputados federais são alvos de operação da PF

    A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público cumprem hoje (11) 24 mandados de busca e apreensão, ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 10 dezembro, 2018

    Em diplomação, Bolsonaro pede confiança daqueles que não votaram nele

    No discurso de diplomação, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, prometeu hoje (10) governar para todos, sem qualquer distinção ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.