Osmar Terra é anunciado para Ministério da Cidadania

Sepé Tiaraju 28 novembro, 2018 Fonte: G1

O presidente eleito Jair Bolsonaro escolheu o deputado Osmar Terra (MDB-RS) para ser o ministro da Cidadania. A informação foi divulgada pela assessoria do governo de transição na tarde desta quarta-feira (28).

A pasta, que será criada, responderá pela área social do governo federal e reunirá Desenvolvimento Social, Esporte e Cultura. De acordo com o futuro ministro, parte da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (Senad), que cuida do tratamento de dependentes químicos, também será submetida à pasta.

Terra já cuidou da área social no governo de Michel Temer, quando comandou o atual Ministério do Desenvolvimento Social.

Terra é o 18º ministro anunciado pelo futuro governo Bolsonaro. Durante a campanha eleitoral, afirmou que os atuais 29 ministérios seriam reduzidos para 15. Nesta terça (28), afirmou que o número de pastas poderia chegar a 20.

Primeira entrevista

Na primeira entrevista após ser anunciado, Osmar Terra negou ter sido indicado pelo MDB para o cargo, acrescentando que o nome dele foi apresentado a Bolsonaro por frentes parlamentares ligadas à área social.

Terra afirmou, ainda, que o próximo governo cumprirá a proposta de campanha de Bolsonaro de pagar 13º salário no Bolsa Família. O futuro ministro explicou que o combate à fraudes no programa facilita a busca pelos recursos necessários.

“O presidente pediu isso, e vai ser cumprido. Com esse ajuste que se fez, de saírem aqueles que não precisavam do programa, é mais fácil conseguir o recurso do 13º”, disse.

Sobre o futuro da Lei Rouanet, Terra declarou que será preciso “estudar” a situação.

Bolsonaro defendeu durante a campanha eleitoral mudanças nas lei usada como mecanismo de incentivo à cultura no país por meio de renúncia fiscal. O presidente eleito é crítico do repasse de recursos para “artista famosos”.

O futuro ministro também afirmou acreditar que a futura primeira-dama, Michelle Bolsonaro, auxiliará os programas sociais do governo. Ela já declarou que pretende participar de “todos os projetos sociais possíveis”.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 22 fevereiro, 2019

    Carmem Flores repassou verba para filha e neta

    Candidata ao Senado e presidente estadual do PSL gaúcho durante o último processo eleitoral, a ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 21 fevereiro, 2019

    Leite pede no STF prioridade para julgar causa tributária de R$ 500 milhões

    A última agenda do governador Eduardo Leite em Brasília, na quarta-feira (20), foi uma reunião ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 21 fevereiro, 2019

    Deputado Perondi é escolhido vice-líder do governo Bolsonaro na Câmara

    O deputado federal gaúcho, Darcísio Perondi, pelo MDB, com base eleitoral em Ijuí, é o ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.