Operação Black Friday em Cruz Alta desbarata quadrilha de estelionatários

NULL
Lucas de Campos 30 maio, 2015 Fonte:

Na manhã desta sexta-feira, dia 29.05.15, a POLÍCIA CIVIL desencadeou a \”OPERAÇÃO BLACK FRIDAY\”, na cidade de Cruz Alta, na 5ª Região Policial.Há mais de um ano vinha sendo desenvolvida investigação, pela 1ª Delegacia de Polícia de Cruz Alta, na identificação e combate a uma quadrilha de estelionatarios.Os golpistas, sediados em Cruz Alta, tinham como líderes um casal de jovens cruzaltenses.Através da rede social Facebook, a quadrilha criou perfis falsos (os mais conhecidos eram \”Luis Agert\” e \”Thais Furian\”), onde diziam vender produtos eletrônicos (especialmente televisões, celulares e tablet\’s), com preços abaixo do mercado, entretanto, mesmo recebendo o dinheiro, nunca entregavam qualquer mercadoria, até porque elas não existiam.O casal passou a expandir sua rede criminosa, fornecendo dinheiro e/ou percentual sobre lucros, a quem cedesse CPF e RG, para criação de conta bancária (os famosos \”laranjas\”), onde passaram a ser depositados os valores cobrados dos \”consumidores\” pela venda fraudulenta dos bens.Já foram contabilizadas mais de 100 vítimas e um prejuízo a elas de cerca de meio milhão de reais.Essas vítimas são de diversos Estados do país, entre eles Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Acre).Diversas denúncias contra a quadrilha foi repassada para a POLÍCIA CIVIL, através da página da Delegacia de Polícia Regional de Cruz Alta, no Facebook. Inclusive, um grupo com criado de vítimas desses criminosos.O principal líder, o jovem J.L.S.F, adorava postar ostentação na rede social, especialmente fotos em festas, muita bebida alcoolica cara e pilhas e pilhas de notas de dinheiro.Foram coletadas provas testemunhais, quebra de sigilo bancario, quebra de sigilo de internet, páginas do Facebook, entre tantos outros elementos e, assim, o Delegado de Polícia Josuel Muniz representou pela prisão preventiva de diversos integrantes do bando.Com os mandados em mão, foram presos dois envolvidos, na cidade de Cruz Alta, já no dia 11.05.15 (E.R.R.S., de 20 anos e P.B.O).O casal líder, J.L.S.F., de 19 anos e sua namorada A.L.R., de 18 anos, ao perceber o cerco da investigação, fugiu para o Estado de Santa Catarina.Em um trabalho de inteligência da 1ª Delegacia de Polícia de Cruz Alta, foi apurado o paradeiro deles na cidade de Joinville/SC.Com o intenso apoio da Delegacia de Polícia Regional de Cruz Alta, na pessoa do Delegado de Polícia Cristiano Alvarez e do Gabinete de Inteligência/GIE, da Chefia da Polícia Civil, foi feita parceria com a Polícia Civil Catarinense (DIC/PC), que acabou por prender os dois na noite do dia 27.05.15.O Delegado de Polícia Regional de Cruz Alta encaminhou dois Agentes para recambiar os presos, tendo eles retornado na manhã desta sexta-feira, com o casal, que foi recolhido ao presídio da cidade.Houve coletiva de imprensa nesta sexta, na Delegacia Regional, com o Del. Pol. Regional Cristiano Alvarez e o Del. Pol. Josuel Muniz e a imprensa.Na continuidade da operação, no início da tarde de hoje, com a chegada de mais mandados de prisão, sob a coordenação do Delegado Josuel Muniz, mais um casal foi preso preventivamente, em Cruz Alta, por envolvimento no crime (A.S.J.C., de 22 anos e D.L.V., de 23 anos).No final da tarde mais um homem foi preso em Cruz Alta.A operação continua e outras pessoas ainda poderão ser presas.Além dos presos, diversas outras pessoas, com menor participação, serão indiciadas nos inquéritos policiais.

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.