Ônibus da Unesul era novo e tinha capacidade para 49 passageiros

NULL
Lucas de Campos 6 janeiro, 2015 Fonte:

Ônibus da empresa, que fazia linha Porto Alegre-Tramandaí, tombou em Glorinha e deixou cinco mortos

A Unesul informou que o ônibus que tombou na ERS-030, em Glorinha, e deixou pelo menos seis mortos e mais de 30 feridos na tarde desta terça-feira, era de 2013 e tinha capacidade para 49 passageiros. O motorista do veículo, que fazia o trajeto Porto Alegre-Tramandaí, perdeu o controle em uma curva por volta das 14h.

Motorista já prestou depoimento na delegacia de Gravataí e saiu correndo, sem falar com jornalistas.

“O carro que fazia esta linha é do ano de 2013, tinha 49 lugares, todos equipados com cinto de segurança. O ônibus saiu de Porto Alegre com 27 passageiros. O número de pessoas no momento do acidente deve ser confirmado com a Polícia Rodoviária Federal, pois se tratava de uma linha pinga-pinga e não é possível monitorar quantos passageiros desceram ou subiram no carro neste trajeto”, afirmou a Unesul, por meio de sua assessoria.

A companhia também divulgou uma nota em que garante estar prestando todo o apoio às famílias das vítimas:

“A Unesul de Transportes Ltda. lamenta o acidente ocorrido, na tarde desta terça-feira, na ERS-030 (RS), com o ônibus que fazia a linha entre Porto Alegre e Tramandaí. A empresa se solidariza aos envolvidos e está prestando todo o apoio e assistência possível aos passageiros e às famílias das vítimas”.

Fonte: ZH

*Atenção para a lista de feridos internados em Gravataí: João Flavio Silveira dos Santos, 60 anos, Matheus Henrique Rodrigues Ghilardi, 17, Luiz Claudio Silveira de Carvalho, 56, Tainá Cardoso de Souza, 29, Celio, 52, Luis Felipe, Aline Terezinha Rodrigues, 61, Janaina da Silva Rodrigues, 34, Antonio Velazi, Lucia Eliane Ramos de Souza, 45, Adriane Rodrigues Martins, 37, Marta, Telmo Hessler, 54 Balves dos Santos da Rosa, 55 anos, Amaela Kolesny, 59 anos, Maria de Mato Vargas, 67.

Vinte feridos foram trazidos para o Hospital Dom João Becker, em Gravataí. Uma das vítimas morreu há pouco.

*Informações do Twiiter do jornalista de ZH Juliano Rodrigues

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.