Nove pessoas são presas em Santo Ângelo na Operação PC 27

Dois presos são suspeitos de participar de assalto a propriedade rural de Entre-Ijuís, em novembro
Lucas de Campos 15 dezembro, 2017 Fonte:

A Operação PC 27, realizada em todo o Brasil, pela Polícia Civil, teve diversos desdobramentos na Capital das Missões. A ação deflagrada na quinta-feira, 14, resultou na prisão de nove pessoas – oito em Santo Ângelo e uma em Guarani das Missões.

Do total de presos, seis pertencem a uma mesma quadrilha e duas pessoas são suspeitas de participar do assalto a uma propriedade rural, na localidade de Esquina Missões, Entre-Ijuís, em 26 de novembro. Da propriedade rural, foram roubados um trator Massey Ferguson 4275, avaliado em R$ 12 mil; um revólver Taurus, calibre 38, uma espingarda Baiarte, calibre 20; uma corrente de pulso e cerca de R$ 3,5 mil.

Outras quatro pessoas já haviam sido presas em flagrante acusadas de participar do assalto em Entre-Ijuís.

Em entrevista ao repórter Luís Cabreira, da Sepé AM 540, o delegado da 1ª DP de Santo Ângelo, Heleno dos Santos, destacou que a Operação PC 27 tem como foco principal o combate aos crimes patrimoniais. Santos ressaltou que em Santo Ângelo, a ação deflagrada em nível nacional, resultou também na quarta fase da Operação Persus – Persus 4. “Nesta ação, a PC investigou uma organização criminosa que praticava, sistematicamente, roubos e furtos tanto no interior e em estabelecimentos empresariais de toda a região, não somente de Santo Ângelo. Essas pessoas representavam alto risco à sociedade e em razão disto foi decretada a prisão preventiva de seis pessoas”, explicou.

Através da Operação PC 27, até esta sexta-feira, 15, já haviam sido presos em todo o país, 368 pessoas e 35 adolescentes foram apreendidos. No Rio Grande dos Sul foram 105 prisões e oito adolescentes apreendidos. Nas Missões, a ação envolveu 50 policiais civis e quatro delegados.

 

Foto: Polícia Civil

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.