Nardes na Sepé:\” pedaladas infringiram lei de Responsabilidade Fiscal\”

NULL
Lucas de Campos 11 junho, 2015 Fonte:

As pedaladas fiscais vão constar como uma irregularidade no relatório do Tribunal de Contas da União sobre as contas de 2014 da presidente Dilma Rousseff. O voto está sendo preparado pelo ministro relator, Augusto Nardes, e vai a julgamento no TCU na próxima quarta-feira, dia 17.Nardes concedeu entrevista na manhã de hoje no programa Aldeia Global, ocasião em que confirmou ter interpretado que as pedaladas infringiram a Lei de Responsabilidade Fiscal. “Inclusive meus colegas ministros do tribunal concluíram, em votação, que a manobra desrespeitou a referida Lei”.O ministro explicou que a decisão final do TCU é enviada ao Congresso, a quem cabe fazer a análise definitiva sobre as contas da presidente. Nardes poderá colocar em seu parecer apenas ressalvas as contas ou então rejeitar as contas de Dilma Rousseff, o que seria um caso inédito na história do Tribunal.O próprio ministro Nardes, relatou na entrevista que em conversas com colegas do tribunal, manifestou o entendimento de que não é possível comparar um atraso de repasses do governo a bancos públicos ao longo de dois anos com uma demora de repasses por poucos dias.Além disso, o ministro entende que a posição do tribunal sobre as pedaladas já é definitiva, diferentemente do que dizem membros do Executivo que isso é uma prática comum dos governos. O santo-angelense João Augusto Nardes, frisou que passará todo o final de semana estudando o seu relatório que contará com 600 páginas. “Só a partir dessa ampla análise é que irei definir o meu voto que será apresentado na sessão da próxima quarta-feira”, afirmou.O assunto está chamando a atenção de vários movimentos sociais da Capital da República. Inclusive um passeio de bicicletas está sendo organizado para acontecer em frente ao prédio do Tribunal de Contas da União, durante todo o período em que durar a sessão da corte. A organização está sendo convocada através da rede social Facebook.

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.