Mulher acionou por engano triturador que matou homem em Antônio Prado

NULL
Lucas de Campos 3 janeiro, 2015 Fonte:

Trabalhador tentava conectar mangueira dentro de equipamento

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) interditou o triturador de ração onde Clélio Prodócimo, 55 anos, morreu na manhã desta sexta-feira, em Antônio Prado. O acidente aconteceu às 7h45min em um criadouro de suínos da Capela Burgo Forte, na Estrada Nova Roma, interior da cidade.

Segundo o delegado titular da Polícia Civil de Antônio Prado, Rodrigo Veiga Morali, a esposa do trabalhador, também funcionária da empresa, acionou a máquina por descuido. Prodócimo perdeu muito sangue e morreu a caminho do hospital.

— O equipamento misturava a comida para os porcos que eram alimentados para um matadouro de Flores da Cunha. A vítima entrou na máquina para conectar uma mangueira. A mulher dele chegou depois e ligou a máquina sem saber. Não havia dispositivo ou norma para impedir esse tipo de acidente, o que é irregular — diz o gerente regional do MTE, Vanius Corte.

Fonte: Pioneiro

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.