Mais de dois mil detentos terão saída temporária no Ano-Novo no RS

NULL
Lucas de Campos 29 dezembro, 2014 Fonte:
Cerca de 2 mil detentos devem usufruir do benefício da saída temporária, em todo o Rio Grande do Sul, na virada de ano. A medida é prevista na Lei de Execuções Penais e estabelece que os presidiários tenham direito a passar 35 dias do ano em liberdade. Cada estado define o calendário de saída dos detentos de maneira própria. Segundo autoridades da área, essas saídas não contribuem para aumentar a criminalidade.
 
De acordo com o diretor adjunto do Departamento de Segurança da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), Luís Fernando da Silveira, no RS, os dias concedidos são distribuídos durante todo o ano. “O benefício é gerido pela Susepe e procuramos conceder três dias por mês para os detentos com bom comportamento”, explica. “Normalmente os dias são dados consecutivamente”.
 
Com as datas sendo diluídas durante todo o ano, Silveira entende que não ocorre aumento no índice de criminalidade durante as festas de fim de ano, levando em conta a saída temporária, embora o volume de detentos que utilizem o benefício durante esta época seja maior.
 
Conforme a promotora de Justiça Ana Lúcia Cioccari, da Promotoria de Execução Criminal de Porto Alegre, o direito da saída temporária permite, além da visita a familiares, a realização de ações que podem ajudar na reintegração social do detento. “O pedido do benefício deve ter uma finalidade. Se o detento vai visitar o familiar, não pode fazer outra coisa se não efetivar apenas a visita”, complementou.
Fonte: Rádio Guaíba
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.