Mais de 17 mil armas de fogo são destruídas em Sapucaia do Sul

Foto: Sandro Buchaim / EB
Sepé Tiaraju 20 setembro, 2018 Fonte: Correio do Povo

O Comando da 3ª Região Militar, por intermédio do 3° Batalhão de Suprimento de Nova Santa Rita, realizou no início da manhã desta quinta a destruição de 17.710 armas de fogo, entre longas, curtas, réplicas e simulacros e outras 7.197 armas brancas encaminhadas pelos diversos órgãos de segurança pública. O armamento foi incinerado em uma siderúrgica em Sapucaia do Sul.

Descarregado de uma caminhão militar, o armamento foi suspenso com um poderoso eletroímã manobrado por uma ponte rolante, sendo colocado dentro de dois “cestos” e levado para o interior da aciaria, onde foi derretido sob uma temperatura de 1,6 mil graus centígrados em um forno elétrico de 3 mil volts. A operações repetiu-se várias vezes. Antes da destruição, as armas haviam sido inutilizadas pelos militares através de uma prensa hidráulica, sendo queimadas as partes não metálicas.

O 3° Batalhão de Suprimento é a única organização militar no Rio Grande do Sul, com a responsabilidade de receber produtos controlados para custódia ou destruição, seguindo um rigoroso protocolo para recebimento e armazenamento do armamento, incluindo a sua inutilização por meio de uma prensa mecânica e a fundição do metal em siderúrgica.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 20 fevereiro, 2019

    Perfis fakes oferecem notas falsas em grupos de compra e venda

    Um anúncio publicado no Facebook, na manhã de ontem, em um grupo de compra e ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 19 fevereiro, 2019

    Segue indefinida data de ocupação das novas instalações pela 12ª CRS

    O coordenador de Saúde, Yuri Zabalotsky, explica que está em fase final a obra nas ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 19 fevereiro, 2019

    Veículo incendeia em Horizontina

    No final a madrugada desta terça-feira (19) foi registrado um sinistro em veículo, em Horizontina. Uma ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.