Maio Vermelho alerta para a prevenção do Câncer Bucal

Os exames serão realizados pelos acadêmicos de Odontologia da CNEC Santo Ângelo no próximo domingo, durante a realização do Brique da Praça
Sepé Tiaraju 25 maio, 2018 Fonte: Cnec Santo Ângelo

No Maio Vermelho, mês de prevenção ao Câncer Bucal, a Faculdade CNEC Santo Ângelo, a Prefeitura Municipal de Santo Ângelo, CRO – Santo Ângelo e ABO Missioneira unem forças para a realização da 2ª Campanha de Prevenção do Câncer Bucal.

A campanha consiste na realização de exames bucais gratuitos a população em geral, e ocorrendo a observação de lesões potencialmente malignas, será realizado o devido encaminhamento para confirmação do diagnóstico e tratamento. Os exames serão realizados pelos acadêmicos do curso de Odontologia da CNEC Santo Ângelo, no próximo domingo, 27 de maio, na Praça Leônidas Ribas, durante a realização do Brique da Praça.

SAIBA UM POUCO SOBRE O CÂNCER BUCAL

O câncer bucal está diretamente relacionado com alguns hábitos que aparentemente são inofensivos, mas que ao longo dos anos promovem alterações celulares capazes de gerar um câncer. Um dos principais fatores associados ao câncer bucal é o fumo. O hábito de fumar agride diretamente as células da mucosa bucal, promovendo danos no DNA celular, o que pode desencadear a transformação maligna da célula e consequentemente o câncer.

A associação do hábito de fumar com o uso contínuo do álcool, eleva ainda mais o risco de se desenvolver um câncer. O fumo possui inúmeras substâncias tóxicas que possuem um potencial carcinogênico comprovado. Quem fuma também apresenta um risco aumentado de desenvolver canceres em outras regiões do corpo, como na orofaringe, laringe, esôfago, pulmão, bexiga, pâncreas, entre outros. Pessoas que convivem com fumantes também apresentam risco de desenvolver câncer devido ao consumo passivo da fumaça.

Ainda existem outros fatores relacionados com o câncer bucal, como a má higiene oral, inflamações crônicas na mucosa bucal, agentes biológicos como o HPV, a exposição à radiação ultravioleta sem a devida proteção, sendo este último, mais relacionado com o câncer de lábio inferior.

Dentro da boca os principais sítios de acometimento do câncer são a língua e o assoalho bucal. Lesões esbranquiçadas, avermelhadas, e principalmente feridas, indolores e que não cicatrizam e desaparecem em duas semanas, devem ser avaliadas por um cirurgião-dentista, e se necessário submetidas à biopsia e posterior análise histopatológica, para fins de diagnóstico.

O tipo histológico mais comum de câncer bucal é o Carcinoma Espinocelular ou de células escamosas, esse nome vem da origem epitelial da lesão maligna. O tratamento do câncer vai ser baseado no estadiamento do paciente, que considera o tamanho do tumor, linfonodos comprometidos e metástases.

O câncer bucal é uma doença debilitante e que pode levar o indivíduo à morte. O diagnóstico tardio baixa, consideravelmente, a expectativa de vida, sendo o seu tratamento muitas vezes apenas paliativo, ou seja, sem chance de cura.

O hábito de examinar os lábios, a língua, as bochechas, o palato (céu da boca) e a garganta auxiliam no diagnóstico precoce do câncer, e deve ser inserido no cotidiano da população, bem como o cultivo por hábitos saudáveis: evitar o fumo, o álcool, ter uma boa higiene, alimentação saudável e praticar atividades físicas.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 20 fevereiro, 2019

    FASA e ACISA firmam parceria para estágios de acadêmicos

    Com o objetivo de oportunizar aprendizado para além do ambiente acadêmico aos estudantes e contribuir ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 16 fevereiro, 2019

    Coordenadora de Educação fala da reestruturação das escolas

    O Governo do Estado vem adotando medidas voltadas a reestruturação das escolas, observando a questão ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 15 fevereiro, 2019

    FASA abre inscrições para 19 cursos de pós-graduação

    A Faculdade Santo Ângelo (FASA) passa a oferecer mais uma opção no Ensino Superior para ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.