Legislativo participa de debate junto ao Sindilojas Missões

Foto: Edna Lautert
Sepé Tiaraju 19 julho, 2018 Fonte:

O Comitê contra a pirataria e contra o comércio ilegal e desleal esteve reunido na manhã desta terça-feira, dia 17, na sede do Sindilojas Missões, para debater os problemas que envolvem a prática. No local, os presentes puderam conferir dados apresentados pelo vice-presidente financeiro da Fecomércio e coordenador da Comissão de Combate à Informalidade no Estado, Daniel Amandio.

Segundo informou Amandio, a pirataria representa 50% do comércio informal no Estado. Em Santo Ângelo, somente 2016, estima-se que o comércio informal, juntamente com o contrabando, movimentou cerca de R$ 299 milhões, o que equivale duas vezes o orçamento do Município.

Para Daniel Amandio, o combate à informalidade depende de uma ação educacional e cultural. Segundo ele, em 2017, a Fecomércio percorreu 30 municípios gaúchos trabalhando a mobilização local contra a informalidade e a pirataria, e que nesses locais os reflexos já podem ser sentidos em 2018. “Não podemos desistir”.

EDUCAÇÃO PARA O CONSUMO CONSCIENTE

Depois de ouvir as lideranças da Fecomércio RS e do Comitê, o prefeito Jacques Barbosa destacou que o Município possui um projeto educacional, que será trabalhado nas escolas. Trata-se da cartilha “Comércio Informal – Que Bicho é esse”, destinado à educação infantil e ensino fundamental. O chefe do Executivo disse que por se tratar de um programa educacional, será possível trabalhar com as crianças, também, a educação para o consumo consciente e, assim, mudar as estimativas para o futuro.

PRESENÇAS

A reunião contou com a participação do Presidente da Câmara de Vereadores de Santo Ângelo, Everaldo de Oliveira, dos também vereadores Rodrigo Trevisan, Zilá Andres e Getúlio Zoborowski, Prefeito Jacque Barbosa, vice-presidente da Fecomércio e ex-coordenador do Comitê no Estado, André Roncatto; coordenador do Comitê em Santo Ângelo, também presidente do Sindilojas Missões, Gilberto Aiolfi;  Secretário da Indústria e Comércio, João Baptista Santos da Silva; Auditor fiscal da Receita Federal da comarca de Santo Ângelo, Carlos Jesus Pinto de Moraes; Valter Portalete, do Procon; Neusa Salla, da Delegacia Regional do Conselho Regional de Contabilidade; Luciano Maso, gerente do SESC; Janine Brum, diretora do SENAC; Adair Nascimento, da Vigilância Sanitária; Tatiana Correa, da assessoria tributária da Fecomércio; Felipe Ghislene Freitas, representando a CNEC Santo Ângelo; Viviane Obadowski, presidente da CDL; Mauro Tchiedel, vice-presidente da ACISA; além de associados da entidade, imprensa entre outros.

 

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 15 outubro, 2018

    Agentes frustram tentativa de fuga no presidio de Santa Rosa

    Uma tentativa de fuga ocorreu no presidio de Santa Rosa, por volta das 16h17min de ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 15 outubro, 2018

    Acusado de assassinar agente de saúde em Carazinho é preso em Três de Maio

    O marido da agente de saúde Lana Tarsila dos Santos, de 27 anos, acusado de ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 15 outubro, 2018

    Veículo capota na lateral da BR 285 em Santa Barbará do Sul

    Um veículo saiu da pista, nesta segunda-feira, 15, por volta das 7h30min, na BR 285, ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.