Juíza decide que vereadores de São Luiz Gonzaga podem receber adicional de férias

Arquivo/Rádio Missioneira
Sepé Tiaraju 21 dezembro, 2018 Fonte: Amanda Lima/Rádio Missioneira

A justiça não deferiu a liminar solicitada em ação popular para impedir que vereadores de São Luiz Gonzaga não recebam adicional de férias. A decisão é da juíza plantonista Cecília Bonotto.  A magistrada entende que todos possuem direito a férias e seu pagamento. Ela cita que assim como membros do judiciário, advogados, os detentores de mandato eletivo também tenham o mesmo direito. A juíza define que o benefício é constitucional e os vereadores podem criar uma lei constitucional que regulamente o adicional, como ocorreu nesta semana.

Segundo Guilherme Dorneles, assessor jurídico da câmara, essa era a decisão esperada, já que ele alega que a aprovação ocorreu com segurança jurídica. “Existe decisão do Supremo Tribunal Federal nesse sentido, com repercussão geral”, disse.  Ele argumentou que existe toda a documentação que comprova a viabilidade do pagamento, como determina a lei de responsabilidade fiscal.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 19 fevereiro, 2019

    Segue indefinida data de ocupação das novas instalações pela 12ª CRS

    O coordenador de Saúde, Yuri Zabalotsky, explica que está em fase final a obra nas ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 19 fevereiro, 2019

    Polícia Civil captura foragido na barranca do rio Uruguai em Porto Xavier

    Na manhã desta terça-feira (19), agentes policiais da DP de Porto Xavier, SIPAC da 27ª ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 19 fevereiro, 2019

    Veículo incendeia em Horizontina

    No final a madrugada desta terça-feira (19) foi registrado um sinistro em veículo, em Horizontina. Uma ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.