Jovem morre após sofrer descarga elétrica em Silveira Martins

NULL
Lucas de Campos 1 fevereiro, 2015 Fonte:

Tiago Dotto Sachet, 24 anos, estaria cortando a grama de casa quando levou um choque elétrico

Uma fatalidade abalou, neste fim de semana, a comunidade de Val de Buia, na cidade de Silveira Martins, na Região Central. Tiago Dotto Sachet, 24 anos, foi eletrocutado enquanto cortava a grama do pátio da casa em que morava com a família. Ele foi encontrado morto pelos pais. O jovem foi sepultado às 16h deste domingo, no Cemitério Municipal de Arroio Grande.

De acordo com a Brigada Militar de Silveira Martins, os pais do jovem só ficaram sabendo do ocorrido por volta da meia-noite de sábado para domingo, quando chegaram em casa e encontraram o corpo do filho no pátio. Os dois trabalham na Sociedade Esportiva de Val de Buia e estavam de serviço, no sábado, no momento do acidente. Quando viu Tiago caído na grama, o pai do jovem tocou o corpo do filho e sentiu uma leve descarga elétrica.

O jovem era filho único e estudante do curso de Sistemas de Informação da Unifra, em Santa Maria. Ele também trabalhava como inspetor tributário da prefeitura de Silveira Martins. O chefe de gabinete da prefeitura, Jairo Nicoloso, lembra com carinho do amigo:

_ O Tiago era uma pessoa com uma simplicidade muito grande. Era um grande amigo e parceiro e conquistava a simpatia das pessoas de todas as idades. Vai deixar muita saudade_ comenta Nicoloso, que também é primo do pai do jovem.

A professora Patrícia Colpo comenta que Tiago foi seu aluno na 1ª e na 4ª séries do Ensino Fundamental e diz que a morte precoce do jovem deixou a comunidade inteira abalada.

_ Todos nós sentimos a partida dele. Não conseguimos decifrar ainda o que aconteceu. Ontem mesmo, eu passei em frente a um pé de ipê branco que eu e ele plantamos em frente à escola quando ele foi meu aluno. Não sei porque, mas me chamou tanta atenção aquela lembrança que até comentei com a minha mãe_ lembra a professora.

A Polícia Civil de Silveira Martins deve investigar o caso e apurar as circunstâncias do acidente.

Fonte: ZH

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.