Intercambista de Direito da URI compara ensino e legislação do Brasil e da Itália

INTERCÂMBIO, URI, DIREITO, ITÁLIA, UNICAM. Intercambista Laís Härter na Itália. Fonte: URI
bernardi 5 março, 2018 Fonte: Assessoria de Comunicação- URI Santo Ângelo

Graduanda do curso de Direito da URI Santo Ângelo, Laís Härter está retornando de intercâmbio internacional, após seis meses de estudos e vivências na Universidade de Camerino, na Itália, com a qual a URI Santo Ângelo mantém convênio. A fundação da Universidade de Camerino remonta à Idade Média e, entre seus expoentes, já contou com o renomado Norberto Bobbio, filósofo, político, ensaísta e professor.
Segundo relato da estudante, Camerino é uma pequena cidade localizada na região de Marche, província de Macerata, com cerca de seis mil habitantes. Antes uma importante cidade no âmbito regional, no ano de 2016 foi devastada por um terremoto de grande magnitude, que, apesar de não ter causado vítimas fatais, alterou drasticamente a rotina e, sobretudo, as ricas paisagens históricas que, por motivos de segurança, tiveram de ser isoladas, obrigando, inclusive, a Universidade a reestruturar alojamentos e salas de aulas. Atualmente, Camerino destaca-se pela produção de torrones e deliciosos vinhos.
De acordo com Laís, a Universidade de Camerino, UNICAM, oferece aos estudantes intercambistas uma ampla imersão cultural, cultivando ideais e novas perspectivas de vida, princípios, religiões, culinárias e línguas.
“O ensino na Itália é bem diferente do sistema brasileiro”, observa Laís. “As provas são realizadas de forma oral, englobando todo o conteúdo estudado no semestre. As aulas são desenvolvidas por meio de estudo de códigos e jurisprudências italianas, bem como da União Europeia. Além disso, podem até mesmo serem assistidas pelo computador, em casa, por um sistema informatizado ofertado pela própria instituição”.
Ao comparar a legislação brasileira e italiana, Laís diz ter percebido que “nosso ordenamento está muito mais evoluído no que diz respeito às novas formas de família e questões de gênero, e o curso de Direito da URI Santo Ângelo proporciona uma forte vivência jurídica por meio do Núcleo de Prática Jurídica, matéria inexistente no currículo italiano”.
Preparando-se para retomar os estudos na URI, Laís revela que “o intercâmbio, como um todo, me fez crescer tanto na área profissional, como pessoal, me proporcionando experiências únicas e inesquecíveis, como, por exemplo, a comunicação em outros idiomas, a mudança de rotina e a sensação de ter neve em mãos. Hoje, trago na bagagem lembranças de mais de sete países que tive o prazer de conhecer e a certeza de que o mundo é gigante, sendo o estudo um forte aliado para o encurtamento de distâncias e a realização de sonhos!”.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 21 outubro, 2018

    Aplicação do Enem terá quatro horários diferentes

    O Ministério da Educação (MEC) alerta os estudantes inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 18 outubro, 2018

    Colégio Tiradentes de Santo Ângelo está com inscrições abertas

    O Colégio Tiradentes de Santo Ângelo está com as inscrições abertas para alunos do primeiro ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 17 outubro, 2018

    Equipe URI-BAJA participou da competição Baja SAE Brasil

    Entre os dias 12 e 14 de outubro, ocorreu a Etapa Sul da competição Baja ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.