Homem encontrado morto em riacho teria sofrido asfixia

NULL
Lucas de Campos 6 novembro, 2015 Fonte:

O resultado do laudo que auxilia as investigações em torno da morte de Maurício Hernandes Batistas, 30 anos, encontrado morto no dia 24 de outubro dentro de um riacho na ERS 344, apontou que ele teria morrido por asfixia. Esse resultado, de acordo com o delegado Rogério Junges, reforça a hipótese de homicídio. Se confirmado este será o 13º homicídio do ano em Santo Ângelo.

O delegado diz que vai continuar as investigações e afirma que conta com o apoio de testemunhas para auxiliar a polícia no esclarecimento do fato, “Ele foi localizado com um cinto no pescoço e de bruços por isso dependíamos do resultado da necropsia para poder saber a causa da morte, o resultado da morte por asfixia deixa mais perto de um homicídio e não suicídio”, afirma o delegado.

A Polícia encontrou o corpo de Maurício no final da tarde do dia  24 de outubro, na ERS 344, próximo ao trevo da Fenamilho. De acordo com a Delegada Luciana Cunha, o homem estava com um cinto enrolado no pescoço, ele vestia uma bermuda jeans, tênis preto e camiseta branca.

O corpo foi encontrado em um córrego por volta das 18h30min entre as avenidas Brasil e Tiradentes, nos fundos do Marcon Ferragens. 

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.