Governo pede mais prazo para caminhoneiros

NULL
Lucas de Campos 27 março, 2015 Fonte:

Após quatro horas de reunião entre o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Bastos, e os ministros da Secretaria Geral da Presidência da República, Transportes, Cidades e Trabalho com representantes de transportadores e embarcadores nesta quinta-feira (26/3), o governo federal pediu prazo até 22/4 para estudar a pauta de reivindicações apresentada pela categoria.O tema principal da audiência foi o reajuste da tabela de frete, um dos pontos dos caminhoneiros.Presente no encontro, o deputado federal Osmar Terra (PMDB-RS), relator da Comissão Externa da Câmara Federal encarregada de acompanhar a paralisação dos Caminhoneiros, avalia que a reunião poderia ter progredido mais:A questão da tabela de frete mínimo, que é um assunto de alto, pois se trata de leis de mercado, além de possibilitar ações no Poder Judiciário. O que devemos insistir é no crédito subsidiado de R$ 50 mil, pelo BNDES, com juro reduzido para capital de giro dos caminhoneiros. Outro ponto fundamental é a retirada do imposto incidente no óleo diesel e sua transferência para outro setor como CSLL (Contribuição Social sobre Lucro Líquido) ou IOF (Imposto sobre Operações Financeiras)  A data de 22/4 está dentro do prazo de 45 dias pedido pelo Poder Executivo, no começo das negociações, em 10 de março.

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.