Governo autoriza obras em escolas e na segurança no valor de R$ 4 milhões

Foto: Daniela Barcellos
Sepé Tiaraju 13 novembro, 2018 Fonte: Palácio Piratini

Com investimento de R$ 4.184.234,67,  o governo do Estado assinou ordem de início, nesta terça-feira (13), de obras nas áreas da educação e da segurança. São dez escolas estaduais beneficiadas, um instituto penal e uma delegacia. Ao todo são 12 municípios contemplados e as obras devem começar dentro de cinco dias úteis. O evento ocorreu no Palácio Piratini e contou com a presença do governador José Ivo Sartori.

Do total a ser investido, R$ 1.025.600,00 serão para as obras da área de segurança, com recursos do Tesouro do Estado. O restante do valor, garantido pelo Banco Mundial, irá para o setor de educação. O governador destacou que todo o trabalho e processo de gestão tem que estar voltado para os mais de 11,3 milhões de pessoas do RS. “Esta força-tarefa é uma resposta positiva aos anseios da comunidade. Educação e Segurança são áreas prioritárias. Gostaríamos de investir muito mais, mas não há recursos diante da realidade financeira do Estado”, afirmou Sartori.

O secretário de Obras, Saneamento e Habitação, Rogério Salazar, disse que as ordens de início assinadas nesta terça-feira faz um “pequeno retrato do conjunto de obras que foram feitas nesta gestão onde são mais de 1.500 concluídas ou em andamento, das quais mais de mil obras em escolas estaduais. Isso qualifica as áreas essenciais, como educação e segurança”.

A importância de um espaço físico apropriado para o ensino pedagógico foi destacado pelo secretário da Educação, Ronald Krummenauer. O secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, salientou que concluir um governo com mais de 1.500 obras concluídas ou em andamento é sinal de competência e gestão. “É na escassez que se revela o gênio. Porque é onde temos que superar com criatividade e indicar prioridades na gestão”, disse Schirmer.

O Instituto Estadual de Educação Tiradentes, do município de Nova Prata, agora comemora as obras depois de um longo tempo à espera de recursos para melhorar o ambiente escolar. Segundo a vice-diretora do Instituto, Claudia Campos Lima Reginato, esses recursos são essenciais para resolver os problemas estruturais da escola. “Nossa escola é grande, atende mil alunos em três turnos. Agora poderemos fazer a reforma do telhado, da rede elétrica e da cozinha, que está interditada. É uma obra essencial a nossa comunidade escolar”, ressaltou.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 23 maio, 2019

    ZISSAN agenda a 2ª Feira de Rua de Santo Ângelo

    Agendada para o dia 8 de junho, a 2ª Feira de Rua de Santo Ângelo, ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 21 maio, 2019

    Brigada Militar evita incêndio de grandes proporções em Capão do Cipó

    Na segunda-feira (20), por volta das 18h10min, um policial  militar do 5° Regimento de Polícia ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 21 maio, 2019

    Segunda etapa da privatização da CEEE, CRM e Sulgás exigirá mais do governo

    Como previsto, as articulações em torno dos projetos de privatização da Companhia Estadual de Energia ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.