Goergen encaminha pedido de fiscalização do FIES

NULL
Lucas de Campos 25 maio, 2015 Fonte:

O deputado Jerônimo Goergen (PP-RS) encaminhou npedido de auditoria ao Tribunal de Contas da União (TCU), para que o órgão fiscalize a gestão do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Segundo o parlamentar, o governo federal está aplicando um calote nos estudantes e nas instituições de ensino cadastradas no programa. “É no mínimo má fé. Os alunos estão recebendo e-mail informando de que os contratos estão aditados. No entanto, a informação para as universidades é de que os contratos estão em andamento. Ou seja, as matrículas estão sendo bancadas pelas universidades”, explicou.O parlamentar revelou que uma importante universidade do Rio Grande do Sul tem R$ 6 milhões para receber do governo neste semestre. Com o atraso nos repasses, a instituição já não terá como pagar os professores. “O pior é que o Ministério da Educação estipulou um prazo para encaminhar os contratos, que coincide com o encerramento do semestre. Assim, este semestre está sendo bancado pelas universidades, que pagaram pelas aulas. O governo está gerando dívidas que vão comprometer inclusive o Proies”, acrescentou.O Programa de Estímulo à Reestruturação e ao Fortalecimento das Instituições de Ensino Superior (Proies) foi idealizado por Jerônimo em cima da necessidade de salvar instituições de ensino altamente endividadas com a União. O programa permitiu a conversão de 90% das dívidas pela concessão de bolsas de estudo.  “Uma das exigências para a adesão ao Proies é que as universidades deixassem o Fies livre da inadimplência. E agora estamos vendo as instituições se endividando novamente, correndo o risco de perder toda a negociação por essa propaganda enganosa de Pátria Educadora”, criticou Jerônimo.

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.