Free Shops poderão ser abertos neste ano nas fronteiras brasileiras.

Porto Xavier é um dos municípios de fronteira que poderá abrir free shop: Foto: Cidades do Brasil.
bernardi 19 março, 2018 Fonte: Agência Senado

A abertura de Free Shops no lado brasileiro das fronteiras com o Uruguai e com a
Argentina deve acontece ainda em 2018. Nesta segunda-feira, foram publicadas no Diário Oficial as normas editadas pela Receita Federal, o que facilitará a abertura das lojas neste ano.
Reivindicação antiga de moradores e lideranças das chamadas cidades-gêmeas, a abertura de Free Shops é possível graças a lei 12.732, cuja relatoria no Senado foi da senadora Ana Amélia (Progressistas-RS). A parlamentar gaúcha trabalhou intensamente pela regulamentação dos free shops brasileiros e pela manutenção da cota de compra nas lojas francas uruguaias enquanto o sistema brasileiro ainda não entra em funcionamento.
A Receita Federal é responsável por formular e implantar um regramento e um sistema que permita o controle nas operações. Conforme a Lei, os brasileiros ou estrangeiros podem adquirir até U$ 300 por mês nesses estabelecimentos, desde que estejam em trânsito entre os países.
Para a implantação das Lojas é necessário, também, além da regulamentação, um decreto estadual que garanta a isenção do ICMS e uma Lei Municipal que autorize o funcionamento das lojas. No RS, este decreto já foi assinado pelo governador e em todas as cidades gaúchas que podem ser beneficiadas com a medida já existem legislações municipais autorizando a abertura do modelo de negócio de Lojas Francas.
No Rio Grande do Sul, as primeiras lojas deverão ser abertas na fronteira com o Uruguai. Ao todo, 11 municípios gaúchos poderão abrir Free Shops 6 na fronteira com o Uruguai e 5 na fronteira com a Argentina (Aceguá, Barra do Quaraí, Chuí, Itaqui, Jaguarão, Porto Mauá, Porto Xavier, Quaraí, Santana do Livramento, São Borja e Uruguaiana). No Brasil, foram autorizados 32 municípios.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 13 agosto, 2018

    Governo estuda parceria privada para construção e gestão de presídios

    O Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) começou a elaborar projetos de parceria ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 13 agosto, 2018

    Empresas monitoram internautas pelos navegadores

    Nos últimos anos, dados pessoais entraram no centro de disputas econômicas e políticas. Essas informações ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 13 agosto, 2018

    Lucro líquido do BNDES no primeiro semestre tem crescimento de 253,9%

    O BNDES registrou no primeiro semestre deste ano o lucro líquido de R$ 4,76 bilhões. ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.