Fiocruz registra aumento em mortes de macacos no Sudeste

Morte de macacos está relacionada a casos de febre amarela (Agência Brasil/Arquivo/Fábio Massalli)
Sepé Tiaraju 3 agosto, 2018 Fonte: Agência Brasil

A Fundação Oswaldo Cruz constatou que voltou a ocorrer morte de macacos em regiões em que a incidência havia diminuído.

A informação foi dada pela pesquisadora Márcia Chame, coordenadora da plataforma de biodiversidade e saúde silvestre da Fiocruz, durante o lançamento da Operação Primata, feito em Florianópolis, pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), no IX Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação.

Segundo a pesquisadora, é preciso avaliar esses casos, que são a continuação de um processo de febre amarela. “Esses registros foram feitos por pessoas da região Sudeste, Rio de Janeiro, São Paulo, Espírito Santos e Minas, onde houve um impacto grande. Isso ainda continua acontecendo, embora tenha reduzido”, revelou.

Para Márcia Chame, a perspectiva era de haver menos casos porque há uma dinâmica em que o ciclo, quando começa a esfriar em maio, há uma diminuição de ocorrências e só volta a retomar após outubro, com pico no verão.

“Este ano a gente está vivendo um inverno bastante quente e começa a ver animais mortos. A gente já fez um alerta para a coleta dos animais e não tem a certificação de que aquilo é febre amarela, mas, como a gente vem nesse processo, tem que manter o alerta. As pessoas têm que ficar atentas. Houve uma baixa adesão à vacina em muitas áreas e é importante que as pessoas não pensem que a doença já foi e não precisam se vacinar mais”, alertou.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 10 dezembro, 2018

    Justiça derruba liminar que suspendia fusão da Embraer com a Boeing

    O desembargador Souza Ribeiro, do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), derrubou a liminar ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 9 dezembro, 2018

    Morre Luiz Valdir Andres Neto

    Morreu neste domingo, 9, às 6h34min, Luiz Valdir Andres Neto (Luizinho), de 2 anos, que ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 9 dezembro, 2018

    Intervenção deverá valer a partir de amanhã até 31 de dezembro

    A intervenção federal no estado de Roraima passa a valer a partir de amanhã (10) ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.