FecoAgro/RS acredita que produtor inicie plantio no cedo

Sepé Tiaraju 12 outubro, 2018 Fonte: A Tribuna

A previsão das cooperativas agropecuárias do Rio Grande do Sul é que nesta semana deve ser iniciado com intensidade o plantio da soja no Estado.

Na avaliação da Federação das Cooperativas Agro­pecuárias do Estado do Rio Grande do Sul (FecoAgro/RS), o clima deve ajudar e a antecipação de plantio em relação a anos anteriores pode auxiliar na produtivi­dade da oleaginosa nas lavouras gaúchas.

De acordo com o presidente da FecoAgro/RS, Pau­lo Pires, existe um movimento acentuado nos últimos dias para a soja, com áreas dessecadas, com expectati­va para iniciar nesta semana a semeadura nas lavouras gaúchas.

“Nos últimos cinco anos no Rio Grande do Sul as primeiras lavouras plantadas foram as mais produtivas e essa antecipação da época de plantio é uma prática que vem se intensificando”, observa.

Em relação a área, o dirigente da FecoAgro/RS acre­dita que a cultura deve ter um acréscimo de aproxima­damente 2% no terreno cultivado e com certo otimis­mo em relação ao clima, com a previsão de El Niño com chuvas acima do normal até janeiro no Rio Grande do Sul. “Isso é muito bom para a lavoura de soja”, destaca.

Sobre preços, a perspectiva é de valores menores com a safra em relação ao período anterior, mas sa­lienta que existe esta incógnita em relação ao dólar, com indexadores ligados à política, por causa das elei­ções.

“É preocupante para o produtor os preços dos in­sumos, é um crescimento muito maior do que a desva­lorização cambial e isto assusta o produtor, especial­mente no que diz respeito aos fertilizantes”, afirma Pires.

As cooperativas agropecuárias gaúchas são respon­sáveis por pelo menos 50% da originação da soja do Rio Grande do Sul, o que significa que o sistema recebe ao menos metade da produção.

A soja tem contribuído com os resultados das coo­perativas agropecuárias, que em 2017 alcançaram um faturamento acima de R$ 20 bilhões e um crescimento em seus negócios.

 

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 26 maio, 2019

    Abelhas nativas em extinção são criadas na cidade

    As abelhas nativas sem ferrão conhecida como meliponas são as espécies mais ameaçadas de extinção. ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 25 maio, 2019

    Produção de mel sofre queda no Rio Grande do Sul

    Com a colheita do mel da florada de outono praticamente concluída no Estado, a Federação ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 25 maio, 2019

    Especialista alerta que mortandade das abelhas poderá afetar a cadeia produtiva de alimentos

    A mortandade de abelhas é um fenômeno mundial. No Brasil a situação não é diferente. ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.