FASA realiza intervenção artística e distribui “machistômetro”

Fotos: Thayan Lisboa
Sepé Tiaraju 10 março, 2019 Fonte: FASA

Surpresa, perplexidade, dúvida, confusão… Essas foram algumas das diversas reações de quem passou pelos corredores da Faculdade Santo Ângelo (FASA) na noite desta sexta-feira, 8 de março, Dia Internacional da Mulher. Em virtude da data, a Faculdade realizou uma intervenção artística que abordou a violência contra a mulher.

Voluntárias postaram-se caracterizadas como mulheres em situação de violência, no trajeto que os estudantes percorrem da entrada da Instituição de Ensino Superior (IES) até as salas de aula.  Agressões psicológicas e preconceituosas, de cunho racista, espancamento, estupro e feminicídio foram indicadas. A atividade foi organizada pela Coordenação do curso de Pedagogia da FASA.

“A violência contra a mulher já está tão naturalizada em nossa sociedade que são poucas as coisas que nos comovem. Por isso trouxemos para dentro da FASA essa intervenção. Para chamar a atenção. O 8 de Março que não é um dia de comemoração e, sim, um dia de luta. Não só hoje como todos os outros dias”, argumenta a coordenadora e professora da Pedagogia, Chana Beltramin.

O recado foi dado também em sala de aula. Após o início das aulas, os estudantes receberam um “machistômetro”, em formato de marcador de livro. De um lado, o material traz uma lista de 29 atitudes machistas que configuram violência contra a mulher, desde piadas ofensivas, passando por ameaças, destruição de bens pessoais, chegando a abusos e até o feminicídio. No verso do “machistômetro”, a mensagem de que não se deve banalizar ou naturalizar qualquer tipo de violência contra a mulher e, sim, denunciá-la.

De acordo com a professora, a instituição é um lugar importante para abordar o machismo e a violência praticada contra as mulheres.

“Aqui, formamos cidadãs e cidadãos que vão, depois, levar para o mundo o que aprenderam em sua formação. Por isso, no lugar de entregar bombons, cartão ou flores, fizemos esse ato. Nos colocamos à disposição dos nossos alunos e alunas, estendemos a mão a todos e nos colocamos contra qualquer tipo de violência cometida contra as mulheres”, enfatiza a coordenadora.

Também neste 8 de Março, a FASA teve sua representação nomeada no Fórum de Políticas Públicas – Pró Erradicação À Violência Contra a Mulher, iniciativa do Gabinete do Prefeito de Santo Ângelo, Coordenadoria Municipal da Mulher (CMM) e Ministério Público do Estado do RS.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 23 maio, 2019

    Prefeito sanciona lei para videomonitoramento nas escolas municipais

    As 42 escolas da rede pública municipal de ensino de Santo Ângelo terão monitoramento interno ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 21 maio, 2019

    Público presente na Rua de Lazer

    O tempo foi parceiro na realização da já tradicional Rua de Lazer, promovida pelo curso ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 20 maio, 2019

    URI comemora 27 anos de história

    A Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões – URI, completa neste domingo, 19 ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.