Famurs pedirá solução para UPAs ao ministro da Saúde

NULL
Lucas de Campos 13 maio, 2015 Fonte:

O presidente da Famurs, Seger Menegaz, realiza, nesta quinta-feira (14/5), às 14h, encontro com o ministro da Saúde, Arthur Chioro, em Brasília. Liderando a comissão de prefeitos que buscam uma solução para o funcionamento das Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs), Menegaz solicitará ao ministro a duplicação dos repasses federais para as unidades.Atualmente, o custo de manutenção de cada estrutura, que varia de R$ 450 a R$ 900 mil, é inviável para as prefeituras, que têm bancado mais da metade dos gastos. \”Os municípios estão bancando mais da metade das despesas das UPAs\”, reclamou. \”Se não houver um aporte substancial de recursos federais, as UPAs em construção permanecerão em obras e aquelas que estão funcionando poderão ter que fechar as portas\”, avisou Menegaz.Caso o governo federal não amplie os recursos para as UPAs, uma alternativa é a redução da carga horária de atendimento das unidades. De acordo com o decreto que institui as UPAs, elas devem funcionar 24 horas por dia, sete dias por semana.Essa proposta, no entanto, não é a ideal, já que descaracteriza o programa e afeta o serviço à população. Outra solução é a doação das UPAs pelo governo federal aos municípios. Nesse caso, as prefeituras ficariam com a responsabilidade de administrar as unidades, conforme as necessidades de cada cidade. O pleito municipalista conta com o apoio do governo do Estado.

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.