Exportações crescem, mas continuam menores que 2015, aponta Farsul

Os grupos Complexo Soja e Carnes foram os principais responsáveis pelo crescimento na relação com o mês anterior (93%), mas também pela queda no comparativo com o ano anterior (-84%).
Lucas de Campos 19 abril, 2016 Fonte:
O valor exportado do agronegócio gaúcho teve um aumento de 31,1% no mês de março na comparação com fevereiro. O salto foi de US$ 531 milhões para US$ 697 milhões. Mesmo assim, o desempenho se mantém abaixo de 2015, -6,5% na comparação com mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados no Relatório e Comércio Exterior divulgado, hoje, pela Assessoria Econômica do Sistema Farsul. Os grupos Complexo Soja e Carnes foram os principais responsáveis pelo crescimento na relação com o mês anterior (93%), mas também pela queda no comparativo com o ano anterior (-84%).
O agronegócio se mantém como principal exportador do Rio Grande do Sul, respondendo por 61,1% do US$ 1,139 bilhão comercializado. O volume atingiu 1,368 milhões de toneladas. A China segue como grande destino dos produtos gaúchos no período, com US$ 240 milhões e 13,9% do total. Na sequência vem os Estados Unidos, com US$ 128 milhões e 7,4% de participação. Em terceiro temos a Coréia do Sul, com US$ 77 milhões e 4,4% do total. Nas importações, a Argentina aparece em primeiro lugar com US$ 82 milhões (39,5%). Seguido por Uruguai com US$ 37 milhões (17,8%) e o Paraguai com US$ 19 milhões (9,30%).
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.