Executiva do PP se reúne hoje a tarde para ouvir deputados apontados na Operação Lava Jato

NULL
Lucas de Campos 9 março, 2015 Fonte:

A executiva do Partido Progressistafará uma reunião extraordinária nesta segunda-feira  para ouvir explicações dos seis políticos da sigla citados na lista do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, por suspeita de participação no esquema de corrupção da Petrobras. O presidente do Partido, Celso Bernardi, afirma que os políticos têm a obrigação de prestar esclarecimentos mesmo que não tenham envolvimento na fraude. Bernardi cita ainda que o PP gaúcho não tem compromisso com erros individuais.“Acho que é um direito do partido e um dever dos deputados dar explicações. Nós tentaremos ouvir, ver o que eles pensam desse problema. Cada um buscará a sua defesa, obviamente, mas temos que reconhecer que há um desgaste, um prejuízo para a imagem do partido”, destacou o presidente do PP gaúcho.A reunião será às 17h no diretório do Partido Progressista, em Porto Alegre. Serão investigados os atuais deputados federais Afonso Hamm, José Otávio Germano, Jerônimo Goergen, Luis Carlos Heinze e Renato Molling. O ex-deputado Vilson Covatti também está na lista dos investigados. Os seis integram a bancada do PP gaúcho na Câmara na legislatura 2011-2014. As aberturas dos inquéritos foram autorizadas na noite desta sexta-feira pelo ministro Teori Zavascki.

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.